Opel Mokka-e. ūüĒč VERDE por fora… e por dentro!

O Mokka-e, é uma das propostas elétricas da Opel e que partilha a mesma solução com outros modelos do grupo, mas com uma identidade própria.

Opel
SUV
Opel Mokka-e Ultimate

√Ä semelhan√ßa do que acontece com outros modelos do grupo, o novo Mokka apresentou-se desde logo com uma vers√£o 100% el√©trica para que tamb√©m a Opel n√£o fique de fora da ‚Äúcorrida aos el√©tricos‚ÄĚ. Assente numa plataforma partilhada por outros modelos do grupo, o Mokka-e para al√©m de se tentar diferenciar com uma imagem mais jovem e robusta, tem o objetivo de ser o modelo capaz de mudar a imagem da marca. N√£o est√° no mau caminho…

Com uma generosa altura ao solo, guarda-lamas pronunciados e assinaturas LED bem conseguidas tanto na frente como na traseira, o Mokka-e sobressai, e em pouco difere da versão a combustão. Para além das jantes de liga leve específicas, neste caso apenas a cor é suspeita mas, assenta-lhe bem. O mesmo acontece com a pintura em dois tons.

Interior evoluído

Pub ADN energy MRec

No interior é onde encontramos algumas parecenças com outros modelos do grupo, mas mais uma vez o Mokka mantém a identidade Opel através de um painel de instrumentos específico e de boa leitura, que se une ao ecrã do info-entretenimento, também este virado para o condutor. A climatização mantém, no entanto, comandos físicos, o que simplifica o dia-a-dia e é de louvar. O mesmo acontece com alguns dos sistemas de ajuda à condução como a manutenção na faixa de rodagem, entre outros.

A posi√ß√£o de condu√ß√£o √© mais baixa, mas adequada, bem como a ergonomia dos comandos e o volante tem boa pega. Da mesma forma, os bancos n√£o merecem cr√≠ticas. Confort√°veis o suficiente e com apoios laterais que tamb√©m convencem. Aqui, h√° apenas a lamentar a qualidade de alguns materiais em zonas mais inferiores. Ainda que as portas sejam forradas a uma esp√©cie de Alc√Ęntara, existem demasiadas superf√≠cies em preto brilhante que n√£o agradam e provocam reflexos indesej√°veis.

J√° nos lugares traseiros a acessibilidade n√£o √© a melhor com o perfil descendente a prejudicar a entrada e a sa√≠da. Na bagageira este Mokka el√©trico perde algum espa√ßo para um total de 310 l de capacidade, menos 40 litros face √†s vers√Ķes a combust√£o.

Ao volante do Mokka, nem tudo √© perfeito…

Arrancando para a estrada depressa damos conta daquilo que pode ser melhorado neste Opel Mokka-e. Em primeiro lugar a suspens√£o. Menos confort√°vel do que os modelos com o qual partilha a plataforma, deixa passar mais vibra√ß√Ķes para o habit√°culo. No entanto, os movimentos de carro√ßaria s√£o bem mais controlados, sem qualquer adornar excessivo. Ou seja, perde-se algum conforto, ganha-se alguma din√Ęmica! No fundo, esta acaba por ser a op√ß√£o 100% el√©trica mais din√Ęmica do grupo.

Depois, o comando da caixa de velocidades, herdado de outros modelos, tamb√©m n√£o oferece a melhor experi√™ncia. Para al√©m de ser pequeno, √© lento na engrenagem, o que se torna muito pouco pr√°tico em manobras. Sem ser refer√™ncia na disponibilidade e entrega da pot√™ncia, o Mokka-e √© naturalmente despachado, como seria de esperar de um 100% el√©trico. Ainda assim, os 136 cv de pot√™ncia s√≥ est√£o dispon√≠veis quanto utilizamos o modo Sport. Por outro lado, o modo ‚ÄúB‚ÄĚ da caixa n√£o √© suficiente para evitar a utiliza√ß√£o dos trav√Ķes, que tamb√©m n√£o t√™m a progressividade ideal. Um modo que permitisse a condu√ß√£o com apenas um pedal, tal como j√° t√™m muitos dos seus concorrentes era o ideal para a cidade, assim como um sistema de auto-hold.

Ao volante do novo Mokka. E tudo a Opel mudou!

O SUV compacto alem√£o apresenta-se numa nova gera√ß√£o que rompe com o passado, mas que mant√©m o aspeto robusto e din√Ęmico que o caracterizam. Eis o novo Mokka.

Ler mais

Mais din√Ęmico do que os seus cong√©neres, o Opel Mokka-e √© poupado e expedito em cidade.

ev_station

Bateria & Carregamentos

Os tempos de carregamento naturalmente variam de acordo com todas as vari√°veis. Numa tomada dom√©stica normal, s√£o necess√°rias mais de 20 horas. No entanto, com um carregador de 11 kW em cerca de cinco horas √© poss√≠vel recuperar a totalidade da carga. J√° uma carga r√°pida a 100 kW consegue ir dos 0 aos 80% em cerca de 30 minutos, ou uma hora a 50 kW. Na nossa reda√ß√£o, a carregar a 7,4 kW atrav√©s de uma das solu√ß√Ķes da ADN Energy, carregamos o Opel Mokka-e em pouco mais de seis horas. Ou seja, uma noite ser√° sempre suficiente para repor baterias.

Os 50 kWh de bateria permitem uma autonomia a rondar os 300 km, com base em consumos de 16 kWh/100 km. Como é comum neste tipo de propostas, a utilização maioritariamente em cidade acaba por revelar consumos mais reduzidos e consequentemente uma maior autonomia. No entanto, acreditamos que apesar de uma utilização citadina, a maior parte dos utilizadores vive fora dos grandes centros urbanos, logo o consumo mais real é de facto aquele com o qual terminámos este teste.

Em suma, o Opel Mokka-e √© uma proposta 100% el√©trica que oferece um pacote tecnol√≥gico adequado ao segmento, com uma imagem jovial e um comportamento mais din√Ęmico. Adequado para a cidade, mas capaz de muito mais, peca por um pre√ßo exagerado face √† vers√£o a combust√£o e que obriga a fazer bem as contas, mesmo com o constante aumento do pre√ßo dos combust√≠veis.

A gama Mokka-e √© composta por quatro vers√Ķes de equipamento, com pre√ßos entre os 36 000‚ā¨ e os 42 000‚ā¨. A unidade ensaiada tinha o n√≠vel de equipamento mais completo, denominado de Ultimate.

Conclus√£o

O Opel Mokka-e √© um el√©trico capaz, vocacionado para cidade e com bom comportamento din√Ęmico. Peca por n√£o disponibilizar algumas fun√ß√Ķes e equipamento j√° comuns na concorr√™nciaque oferece um pacote tecnol√≥gico adequado ao segmento, com uma imagem jovial e um comportamento mais din√Ęmico. Adequado para a cidade, mas capaz de muito mais, peca por um pre√ßo exagerado face √† vers√£o a combust√£o e que obriga a fazer bem as contas, mesmo com o constante aumento do pre√ßo dos combust√≠veis.

Ficha Técnica

Cilindrada

260 Nm

Bin√°rio M√°ximo

136 cv

Potência

Cilindrada

9 s

0-100 KM/H

150 km/h

Velocidade M√°xima

Cilindrada

17,4 kWh/100 km

Combinado

16 kWh/100 km

Registado

Cilindrada

36400‚ā¨

Base

42100‚ā¨

Ensaiado


Thumbs UpCondução. Comportamento. Consumos

Thumbs DownAlguns materiais. Acessibilidade traseira. Preço.