Datsun Sports 1600. Uma raridade asiática em forma de roadster

Na rúbrica da nossa Newsletter trazemos sempre um carro especial. Vale tudo, só não vale um carro qualquer! Desta vez o Datsun Sports 1600!

Cá dentro ou lá fora não faltam automóveis mais ou menos bizarros, mais ou menos especiais, mais ou menos raros. Pode até ser aquela versão que sempre quisemos ter na garagem! Ás vezes é só para ver… mas também há as compras de impulso! Quem não tem aquele amigo ou familiar que já o fez? A vontade é sempre adicionar mais um e nunca vender… Assim nasceu esta rúbrica, exclusiva para ti, subscritor da nossa Newsletter “Livre Trânsito”.

Depois de termos trazido um BMW muito especial, o M3 CSL, esta semana vamos até aos clássicos asiáticos! Afinal, nada tem mais encanto do que conduzir um automóvel clássico onde os constantes avisos sonoros são substituídos por tantos outros ruídos mecânicos…

Roadster para exportação

A Datsun não foi a primeira marca japonesa que procurou sair do seu mercado local e tentar a sua sorte nos Estados Unidos da América e na Europa. De qualquer forma, cedo percebeu que uma boa forma de criar uma imagem diferenciada passava pela execução de um Roadster de pequenas dimensões que tradicionalmente sempre vendera bem na California e em alguns mercados europeus, como o inglês.

Assim nasceu o Datsun Sports, também vendido com a designação Datsun Fairlady, que teve duas gerações ao longo da sua vida. A primeira, lançada em 1959 tinha um motor de 988 cm3 com 37 cv e nunca saiu do Japão, sendo extremamente rara (20 unidades produzidas). No entanto, em 1961 a Datsun apresenta a segunda geração já com motores 1500 cm3, 1600 cm3 e mais tarde um 2 litros de cilindrada. A receita era de motor dianteiro e tração traseira.

Raro na Europa e também em Portugal

Com suspensão independente na dianteira e eixo rígido na traseira, a caixa era manual de quatro relações e o motor começou por ser um 1.5l com um único carburador SU e 77 cv. Em 1965 passa a 1.6l e recebe dois carburadores. Assim, a potência subiu para uns mais interessantes 95 cv. Por fim, em 1967 o Datsun Sports volta a receber modificações importantes, com a introdução de um motor 2 l com 137 cv e caixa manual de cinco velocidades. Esta versão foi até utilizada em competição nos EUA.

Relativamente raro na Europa, o Datsun Sports, também conhecido como Datsun Fairlady, nunca foi oficialmente vendido em Portugal, motivo pelo qual não é comum encontrar um nas nossas estradas. Todavia, alguns exemplares foram posteriormente importados para o nosso país.

A unidade que trazemos hoje é de 1969, tem o motor 1.6l com 95 cv e veio dos EUA. Além da cor vermelha, monta umas jantes Minilite, muito comuns na época, e que lhe assentam particularmente bem.

Datsun Sports

Para além de um motor que já permite algumas prestações, é também um clássico descapotável para passeios de fim de semana.

Depois deste modelo, a Datsun passou a denominar os seus desportivos pela letra Z, mas isso já é tema para outro artigo…

Este era ainda um excelente carro para trazer até um dos nossos eventos de automóveis clássicos, o Classic Cars Tour, ou o Termas Centro Classic Cars. Se tens um clássico, vemo-nos por lá?

Se por acaso vieste aqui ter mas ainda não subscreves-te a nossa Newsletter, são conteúdos como este que estás a perder.

Nota

Esta nova rúbrica tem como objetivo dar a conhecer automóveis no mercado de usados que, por algum motivo, nos parecem um conteúdo interessante de dar a conhecer. Não existe qualquer relação entre o Clube Escape Livre e o vendedor. Mais informamos que à data de publicação deste artigo, o anúncio encontrava-se online, o que naturalmente deixará de se verificar no futuro.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!