Volvo C40 Recharge será o primeiro de muitos até 2030!

A letra “C” está de regresso à gama de modelos do construtor. O Volvo C40 Recharge é o primeiro modelo 100% elétrico construído de raiz.

A Volvo trocou-nos as voltas e apresentou esta semana o seu novo modelo 100% elétrico. Depois do Volvo XC40 Recharge, que deverá chegar ao mercado ainda durante este mês, o C40 Recharge é o segundo modelo 100% elétrico, mas o primeiro pensado de raiz para ser totalmente elétrico. Para além disso, a Volvo anunciou ainda um importante passo para 2030, já que por esta altura cada novo automóvel vendido pelo construtor será exclusivamente 100% elétrico.

Com base na plataforma CMA, o novo C40 Recharge faz regressar a letra “C” à gama de modelos do construtor. Isto depois de, em 2012, ter terminado a produção do Volvo C30, após seis anos da sua comercialização. Na altura, longe de imaginarmos que o seu “sucessor” viria a ser um carro 100% elétrico. Tem 4,43 m de comprimento, e partilha não apenas a plataforma como o sistema de propulsão com o XC40 Recharge. 

Imagem crossover

Ainda que ligeiramente disfarçado de sedan/coupé, o Volvo C40 Recharge assume proporções e alturas de um crossover, com o intuito de poder oferecer uma posição de condução mais elevada, algo definitivamente muito procurado nos dias de hoje. A estratégia neste aspeto não fugiu muito aquilo que encontramos no novo Citroën C4.

Tanto na traseira como na frente a identidade Volvo está bem presente com as assinaturas LED características dos modelos da marca. No entanto, e segundo a marca, o desenho da frente reflete a nova apresentação dos modelos elétricos do construtor.

No interior, para além da referida posição de condução mais elevada, o C40 Recharge será o primeiro automóvel Volvo sem qualquer componente em pele de origem animal. Ainda que a posição e ergonomia do sistema de info-entretenimento se mantenha aquela que conhecemos dos restantes modelos, também existem novidades nesta área. O sistema concebido para os modelos Recharge foi desenvolvido em conjunto com a Google, e tem por base o sistema operativo Android. Surpreendentemente irá oferecer aos condutores as aplicações da Google e os vários serviços integrados, como o Google Maps, o Google Assistant e a Google Play Store. Para além disso, será possível ao C40 Recharge receber atualizações de software “over-the-air”.

Potente e com autonomia

Pub ADN energy MRec

Não será apenas um motor, mas duas unidades elétricas distribuídas pelos dois eixos, cada uma com cerca de 200 cv. Com uma capacidade de 78 kWh, o carregamento rápido permitirá carregar 80% em cerca de 40 minutos. A autonomia anunciada é, para já, de 420 km (WLTP). Contudo, a Volvo acredita que este valor será melhorado ao longo do tempo através das atualizações de software, sem necessidade de deslocação a um concessionário.

Ainda que os 100 km/h sejam atingidos em apenas 4,9 segundos, a velocidade máxima deste Volvo elétrico está limitada a 180 km/h, tal como já acontece com todos os restantes modelos do construtor. A potência máxima ronda os 400 cv com um binário de 660 Nm.

O C40 Recharge representa o futuro da Volvo e mostra a direção que pretendemos seguir. É puramente elétrico, a aquisição será feita online através de um pack de serviços conveniente e estará disponível para rápida entrega. Conduzir um Volvo nunca foi tão aliciante.

Henrik Green – Chief Technology Officer – Volvo Cars

O Volvo C40 Recharge tem início de produção prevista para o outono de 2021. Será fabricado, à imagem do XC40 Recharge, na fábrica belga da Volvo Cars de Gent. Conforme comunicado da marca, deverá estar disponível no nosso país no final deste ano e as encomendas online deverão estar disponíveis muito em breve. O preço deverá posicionar-se ligeiramente acima do Volvo XC40 Recharge, ou seja, provavelmente a rondar os 65 mil euros.

Por fim, nos próximos anos, a Volvo Cars irá apresentar vários modelos elétricos. Em 2025 a venda de automóveis novos deverá dividir-se entre 50% elétricos e os restantes em híbridos plug-in. O construtor prevê ainda uma nova vaga de novos lançamentos prevista para o período compreendido entre 2025 e 2030.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!