¡Hola! ao Seat Leon mais avançado de sempre

A SEAT acaba de lançar a quarta geração de um dos modelos de maior sucesso da marca espanhola, o SEAT Leon.

Maior e mais tecnológico, a quarta geração do SEAT Leon apresenta-se completamente renovada em todos os aspetos. Seguindo uma silhueta de linhas desportivas, com um novo interior e novos motores, está pronto para fazer face a um “segmento C” cada vez mais concorrido.

SEAT Leon 2020 15

As expectativas são elevadas, não tendo sido por acaso que a SEAT investiu 1.1 mil milhões de euros no desenvolvimento do novo SEAT Leon. Sendo este um dos modelos de maior sucesso da marca espanhola, espera-se que venha a ter tanto (ou mais) sucesso como os seus predecessores, que até aos dias de hoje já venderam mais de 2.2 milhões de unidades no decorrer de três gerações.

Assentando sobre a plataforma “MQB-Evo“, o SEAT Leon pode agora ver-se também em versões electrificadas, estreando agora tecnologias mild-hybrid (eTSi) e híbrida plug-in (eHybrid). Aparte destes, estarão ainda disponíveis motores a gasolina (TSI), gás natural comprimido (TGD) e Diesel (TDI).

SEAT nasce para a eletrificação com o el-Born

A SEAT levou a Genebra dois concepts 100% elétricos com olhos postos no futuro tanto a nível particular como nas novas soluções de mobilidade urbana.

Read more

Uma silhueta com carácter

Desenhado, desenvolvido e produzido em Barcelona, em Martorell, o SEAT Leon mantém a mesma linguagem marcante, com linhas suaves e proporções melhoradas. Na frente encontramos uma grelha inspirada na linha já introduzida pelo SEAT Tarraco, um capot mais comprido e com uma ligação tridimensional entre a grelha e os faróis dianteiros.

Na traseira encontramos uma linha de iluminação LED que acompanha toda a largura do portão traseiro, desenhada para manter a personalidade do Leon. Além deste detalhe, encontramos ainda um novo badge, que passa agora a adotar um tipo de letra “cursivo”.

Na variante de cinco portas, o novo SEAT Leon apresenta-se com 4,368 mm de comprimento (+86 mm), 1,800 mm de largura (-16 mm) e 1,456 mm de altura (-3 mm). A distância entre eixos tem 2,686 mm, o que representa mais 50 mm face à terceira geração do SEAT Leon.

Já a versão Sportstourer do novo Leon tem 4,642 mm de comprimento (+93 mm), 1,800 mm de largura (-16 mm) e 1,448 mm de altura (-3 mm). A distância entre eixos chega aos 2,686 mm, mais 50 mm do que na anterior geração.

O SEAT Leon de cinco portas oferece uma bagageira com 380 litros (valor idêntico ao da geração anterior), enquanto o Sportstourer garante 617 litros de capacidade, 30 litros adicionais em relação à geração precedente.

O mais tecnológico de sempre

O habitáculo passou também por uma grande (r)evolução, e passa a adotar uma linha mais minimalista. Com destaque para o painel de instrumentos de 10,25”, totalmente digital, e para o sistema de info-entretenimento de 8,25” (de série) ou 10” (opcional) ao centro do tablier, onde se encontram todas as funções, incluindo a climatização, e que pode ser controlado por voz e gestos. Está ainda disponível o sistema de som BeatsAudio™ para os amantes do som.

Além disso, o novo SEAT Leon vem dotado de Android Auto e Apple CarPlay (com ligação sem fios) através do sistema “Full Link”. Como opcional, é possível ainda adicionar o pacote “Connectivity Box” que introduz o carregamento por indução.

Com a aplicação de smartphone SEAT Connect é possível ainda controlar remotamente o SEAT Leon e consultar algumas informações, como computador de bordo, local de estacionamento, estado da viatura, alertas de roubo ou outras mais específicas para as versões híbridas (como carregamento ou planear horas de partida).

Ao nível da segurança, o novo Leon vem equipado com alguns dos mais sofisticados sistemas de assistência ao condutor, tornando-se um dos SEAT mais seguros construídos até hoje. Com cruise control adaptativo e preditivo, assistente de faixa de rodagem e travagem de emergência, nomeando apenas alguns.

Motorizações para todos os gostos

O novo Leon trouxe consigo uma variedade de opções, onde os “eletrificados” eTSI e eHybrid ganham o maior destaque.

Nas versões a gasolina encontramos o 1.0 TSI (de 90 cv e 110 cv), o 1.5 TSI (de 130 cv e 150 cv) e o 2.0 TSI (de 190 cv e apenas com caixa DSG). 

Na versão Diesel temos o bloco 2.0 TDI (de 110 cv com caixa manual ou 150 cv com caixa manual e DSG, que na versão Sportstourer pode ainda ser associada à tração integral 4Drive).

A versão de gás natural comprimido utilizará o bloco 1.5 TGI (130 cv), que reúne três depósitos numa capacidade total de 17,3 kg, garantindo um alcance de até 440 km de autonomia sem necessidade de reabastecimento.

As versões eletrificadas mild-hybrid de 48V, denominadas eTSI, recorrem ao bloco 1.0 eTSI (110 cv) e ao 1.5 eTSI (150 cv), ambas com recurso a caixa automática DSG.

Por último, a versão híbrida plug-in eHybrid recorre a um bloco 1.4 TSI acoplado a um motor elétrico alimentado por baterias de 13 kWh, com uma potência combinada de 204 cv, capaz de percorrer até 60 km em modo totalmente elétrico (regime WLTP).

SEAT Leon eHybrid a carregar

Quando chega?

A quarta geração do modelo da SEAT para o segmento C, tinha a sua apresentação pública agendada para o Salão de Genebra de 2020. Ainda assim, mesmo com o cancelamento do certame suíço, não altera a data de lançamento que está prevista para o segundo trimestre de 2020.

Relativamente aos preços, ainda não foram divulgadas quaisquer informações, mas acreditamos que muito em breve teremos novidades da parte da SEAT.