Prova superada! Chegamos ao fim das 24 horas Algarve!

Foram 490 voltas e 2834 km em 24 horas. Uma prova de resistência memorável que encerra o 1º ano de Troféu C1, também ele uma experiência enriquecedora.

As 24 horas Algarve, prova extra do Troféu C1 Learn & Drive, aconteceram a 4 e 5 de outubro, em Portimão. Responderam à chamada 21 equipas, uma delas vinda diretamente de Inglaterra, dando um toque internacional à prova, a última deste primeiro ano do Troféu que chegou a reunir, precisamente no Autódromo Internacional de Portimão, quase 50 Citroen C1.

O auge da resistência

Com algumas alterações ao regulamento que acompanhou as três provas de seis horas do Troféu C1, e ainda que fora das contas do Troféu, a competição fez naturalmente parte de mais esta prova até à última das 506 voltas percorridas pela equipa vencedora durante as 24 horas. Um verdadeiro desafio de endurance, aceite por algumas equipas do Troféu C1, mas com várias novidades. Desde pilotos estreantes, aos Pilotos de Gt’s, incluindo algumas uniões de equipas. Na equipa Escape Livre / Razão Automóvel, três novos pilotos quiseram agarrar a oportunidade. Carlos Esteves, gerente da oficina First Stop Pneu Directo, Pedro Matos, responsável da oficina SportClasse e Frederico Viegas, agora o piloto mais jovem da equipa e que embora mais habituado ao todo terreno, também revelou boas aptidões no asfalto.

Os sete magníficos que integraram a equipa Escape Livre / Razão Automóvel nas 24 horas Algarve

A equipa não contou com Francisco Carvalho, que por motivos de saúde foi dando o seu contributo à distância com algumas sugestões estratégicas de quem já cá anda nisto dos Troféus há muitos anos. Entre a afinação do pequeno C1, as pressões dos pneus para as diversas fases do dia, ou as trocas de pilotos, a ajuda do nosso “mago” foi, uma vez mais, uma enorme mais-valia.

Competição até ao fim

Apesar de ter sido uma corrida de 24 horas, foi um sprint constante com a classificação a sofrer frequentes alterações ao longo do dia, e da noite. Foi aliás durante a noite, com temperaturas mais amenas, que se verificaram os melhores tempos. No final a Termolan venceu com o Team Nata a apenas 49 segundos e a G-Tech a mais de um minuto. Na categoria AM, apenas uma volta separou 1º e 2º, Central Mensageiro e OutSCOPE respetivamente. Em 3º lugar ficou a Autocloche.

Em pista, grandes lutas sem incidentes e percalços não previstos, como o da equipa GMBM que em menos de 1 hora partiu quatro jantes, vendo-se forçada a desistir depois de estar em 1º lugar. Também em 1º lugar e com a volta mais rápida esteva a equipa PUMA/OnRising, que já depois de 23 horas de corrida acabou por desistir com problemas na rótula da direção. Nas boxes, e como habitualmente, reinou o convívio, a boa disposição, o bom ambiente e a entreajuda entre todos.

Escape Livre integrou o pelotão

A equipa Escape Livre / Razão Automóvel, apoiada pelas oficinas First Stop, Intermarché da Guarda, QF e Overlay, saíu da grelha de partida no 1º lugar da categoria AM e 10º da geral, mas um acidente logo na segunda volta obrigou de imediato a uma reparação que levou 18 minutos, atirando a equipa para o final da tabela das 24 horas Algarve.

De imediato quase todos arregaçaram mangas. Enquanto a equipa da Sportclasse se dedicava à substituição do triângulo da direção, outros endireitavam os suportes dos faróis LED auxiliares e arranjavam forma de fixar o para-choques. Foi ainda preciso garantir que a água que pingava era apenas e só líquido do pára-brisas e que o radiador não havia sofrido qualquer dano. Depois de colocado o C1 em condições de regressar e com o empenho de todos e uma gestão exemplar, foram-se recuperando posições. Após 24 horas e 490 voltas, vimos a bandeira xadrez na 12ª posição da geral.

Todas as fases de um dia vistas do volante do nosso Citroën C1.

Curiosidade!

Fizemos 2834 km e 490 voltas durante as 24 horas Algarve. Gastámos 20+1 pneus e cerca de 450 litros de combustível. Já os pilotos consumiram muitos litros de água, muitas cápsulas de café e tiveram muito poucas horas de sono e descanso.

O Troféu C1 voltou a cumprir mais uma etapa, a mais dura até então e provavelmente a última deste ano. Em 2020 o Troféu C1 Learn & Drive está de regresso e, garantidamente, com novidades.

24 horas Algarve Toféu C1 45
Cortamos a linha de meta das 24 horas do Troféu C1, o que só por si já é uma vitória.

Balanço positivo

Numa prova de 24 horas terminar já pode ser considerado uma vitória. Ainda assim, naturalmente que a equipa tinha ambições para mais. Com Francisco Carvalho de fora, a equipa lutava pelos primeiros lugares da categoria AM. Foi precisamente do 1º lugar da categoria que arrancamos para as 24 horas Algarve. Seria esse o nosso lugar, mas as corridas têm destas coisas e particularmente as de resistência. É aliás este um dos seus “encantos”, tudo pode acontecer, e nada está ganho na primeira volta, nem tão pouco na primeira hora.

Como diz o nosso “mago”: “Umas corridas ganham-se, outras perdem-se… e outras nem uma coisa nem outra!”

A equipa Escape Livre / Razão Automóvel tem o apoio da Sportclasse, oficinas First Stop, Intermarché da Guarda, Overlay e QF.

Leaderboard autopromoção Escape Livre