Toyota RAV4. Quem o viu… e quem o vê!

O novo Toyota RAV4 rompe com o passado, destacando-se desde logo pelas linhas mais modernas e vincadas. O interior cresceu e evoluiu nesta 5ª geração.

Toyota
SUV
Toyota RAV4 2.5 Hybrid

Em 1994, o Toyota RAV4 marcava a chegada de um novo tipo de automóvel, que combinava a aptidão de chegar a qualquer lado com um aspeto robusto e com uma vertente familiar. Desde então, as vendas acumuladas em todo o mundo atingiram mais de 8,5 milhões de unidades. Depois de ter sido um dos percursores do segmento SUV, há mais de 20 anos, o Toyota RAV4 surge completamente renovado nesta nova geração. Depois da apresentação em que conhecemos em pormenor os detalhes, agora fomos conhecê-lo num contacto mais prolongado.

Baseado na plataforma TNGA, a mais recente da marca japonesa, o SUV sofreu um incremento nas suas dimensões, tanto na distância entre eixos, como na largura. O centro de gravidade diminuiu. Estas alterações, coordenadas com o facto das baterias terem sido alojadas debaixo do banco traseiro ao invés da bagageira, permitiram um aumento do espaço interior, com bom espaço nos lugares traseiros e dianteiros. O incremento da bagageira para os 580 l de capacidade, é também referencial no segmento.

Interior evoluído

Ainda no interior registamos uma posição de condução fácil de encontrar, com o banco do condutor eléctrico e bons materiais na parte superior do habitáculo. A zona dos manómetros é totalmente digital e possui um completo computador de bordo que permite acompanhar o funcionamento do sistema híbrido, também ele revisto nesta nova geração. Os espaços de arrumação têm boa capacidade e há um carregador sem fios para o Smartphone. Aqui, entramos na zona de menos conforto do Toyota RAV4… Infelizmente o sistema de info-entretenimento continua abaixo do mínimo exigível. Não existe ligação Android Auto ou Apple Carplay, e o sistema de navegação revela-se complexo no seu funcionamento. Apesar disso, o ecrã está bem posicionado e possui teclas de atalho para as funções principais.

Tal como na geração anterior o Toyota RAV4 é propulsionado por um sistema híbrido que junta um motor de quatro cilindros com 2.5 l de capacidade a uma bateria. A transmissão da energia ás rodas está a cargo do habitual trem epicicloidal da Toyota (simplificadamente, um caixa de tipo CVT) que, em conjunto, debita 218 cv e 221 Nm de binário. O principio de funcionamento é o mesmo de sempre, sendo que a carga das baterias é reposta nas travagens ou desacelerações e utilizada para apoiar o RAV4 em aceleração. Numa utilização citadina a suavidade e facilidade de doseamento do sistema são bons, proporcionando uma condução muito descontraída.

Em estrada e auto-estrada o típico ruído da transmissão continua presente, ainda que muito mais contido do que em realizações anteriores da marca nipónica devido não só ao bom isolamento do motor mas também à maior potência do mesmo e à sofisticação do módulo de controlo do sistema híbrido. Com uma utilização mista terminamos o nosso teste com média de 7 l/100 km.

Toyota RAV4 rompe com o passado

A 5ª geração do percursor dos SUV chegou a Portugal mantendo a tecnologia híbrida e as versões 4×4, mas mudando radicalmente no estilo. Está disponível a partir de 38 790€.

Read more

Curiosidade!

Todas as versões do Toyota RAV4, 4×2 e 4×4, são híbridas.

Comportamento superior

Sem ter quaisquer ambições desportivas, o Toyota RAV4 apresenta um bom comportamento, com uma inserção em curva fácil e apoiada por uma direção direta e estável a velocidades altas. Os 218 cv permitem boa resposta e andamentos rápidos. Nesta utilização mais dinâmica, vale a pena explorar o modo Sport, que incrementa a resposta ao acelerador (e o barulho dentro do habitáculo…).

A versão Lounge ensaiada possuía uma dotação de equipamento muito completa, do qual destacamos o cruise control por radar, que demonstrou um bom funcionamento em filas de trânsito compactas, o teto panorâmico, as úteis câmaras de estacionamento 360º, o banco do condutor eléctrico, os estofos em pele, a tampa da bagageira elétrica e a iluminação LED.

O Toyota RAV4 2.5 Hybrid na versão Lounge encontra-se disponível por 50 100 € nesta versão de tração dianteira (Classe 1 nas portagens se recorrer ao dispositivo de Via Verde) um valor que se justifica face ao completo nível de equipamento, apesar de se encontrar acima da concorrência mais direta, mas onde a já conhecida fiabilidade e bom posicionamento da marca no pós-venda e satisfação de clientes.

Ficha Técnica

Cilindrada

2487 cm3

Cilindrada

221 Nm

Binário Máximo

218 cv

Potência

Cilindrada

8,4 s

0-100 KM/H

180 km/h

Velocidade Máxima

Cilindrada

5,7 l/100 km

Combinado

6,7 l/100 km

Registado

126 g/km

Emissões CO2

Cilindrada

39 485€

Base

50 100€

Ensaiado


Thumbs UpEspaço, Consumos, Conforto

Thumbs DownInfo-entretenimento, Qualidade câmara de estacionamento