Que LOUCURA! 😲 Já conduzimos os triciclos Vanderhall! (c/ video 🎥)

Conduzimos os 2 modelos da Vanderhall disponíveis em Portugal. Com uma relação peso/potência impressionante e apenas três rodas, a experiência é incrível!

Vanderhall
Roadster
Vanderhall Venice & Vanderhall Carmel

Depois de já os termos conhecido na apresentação que teve lugar nas instalações da Vanderhall Portugal, em Odivelas, agora tivemos a oportunidade de, durante alguns dias, conduzirmos simultaneamente os dois modelos da marca norte-americana disponíveis em Portugal. Como sabem, são eles o Venice e o Carmel. O Venice é o modelo de entrada no mundo Vanderhall, já o Carmel é atualmente o topo de gama da marca em Portugal. Ambos estão disponíveis em três versões conforme já tínhamos mencionado aquando da apresentação. Se queres saber em detalhe essas informações referentes a versões e preços clica aqui.

Chassis em alumínio, mecânica GM e homologação de motociclo!

Os Vanderhall são montados manualmente e têm o chassis em alumínio. Praticamente toda a mecânica é de origem GM. A curiosidade mais interessante é que, pelo facto de terem apenas três rodas, têm homologação de motociclo. É por esse motivo que dispensam alguns itens que seriam obrigatórios num automóvel. Aliás, tanto assim é que nas portagens nacionais pagam Classe 5! Contudo, por terem roll-bar de proteção, vidro frontal e cintos de segurança, dispensam o uso de capacete. E acreditem… ainda bem(!) já que a experiência a céu aberto ao volante destes… triciclos, é verdadeiramente especial.

Já não nos lembramos da última vez que andámos de triciclo… mas esta garantidamente foi a mais memorável e emocionante!

Tão especial que, ao contrário do que é habitual, desta vez trazemos um teste em vídeo. Ao Hugo Figueira coube-lhe a tarefa de perceber até que ponto o modelo de entrada de gama é suficiente para uma experiência diferente. Se tens curiosidade vê o ensaio completo aqui. Já o Nuno Antunes esteve ao volante do mais intempestivo e “requintado” modelo, o Carmel GTS!

Concorrência?

O design é distinto de qualquer outro veículo de três rodas, mas o que verdadeiramente diferencia estes triciclos de outros é, sem dúvida alguma, a tração no eixo da frente. Os Vanderhall são capazes de colocar toda a potência no chão de uma forma notável. Mesmo com o controlo de tração desligado, não existe qualquer perda de motricidade no arranque! Verdadeiramente impressionante! Preparados?

Os Vanderhall proporcionam uma experiência incrível!

Quando arrancamos para a estrada, nem sempre nos damos conta de que temos menos uma roda atrás, se é que me faço entender… A condução é em tudo muito idêntica à de um automóvel, motivo pelo qual acabamos por nos referir a estes triciclos como… automóveis!

O aspeto minimalista numa conjugação entre o retro e o moderno cria todo o ambiente para uma experiência diferente. O feeling de condução é soberbo e os detalhes fazem toda a diferença. É o caso do volante em madeira, a posição de condução mesmo muito baixa, e claro… o design levado ao extremo do preciosismo e bom gosto!

É por isso que a suspensão frontal não está ligada diretamente às rodas. Foi colocada lateralmente para que não influenciasse em nada no design. Felizmente, em nada compromete a experiência de condução!

Só para exemplificar, os Vanderhall são capazes de atingir os 100 km/h em cerca de cinco segundos, são rápidos, e muito nervosos, e com um acelerador muito reativo. Para além disso, à mínima pressão no acelerador ouvem-se de imediato um conjunto de sons que nos despertam as emoções e nos fazem viver a experiência com maior intensidade. Sob o mesmo ponto de vista, não há modos de condução mais económicos ou mais confortáveis, e todos os sons do escape, turbo e motor são uma constante que nos esboça sorrisos muito frequentes.

Os modelos Vanderhall chegaram a Portugal, e nós já os fomos conhecer!

Os Vanderhall são americanos, produzidos manualmente, e inegáveis objetos de admiração no mundo automóvel que prometem momentos únicos de prazer de condução.

Ler mais

No final, talvez até a melhor experiência para um passeio passe pelo Venice, já que o Carmel GTS é sempre demasiado intempestivo nas reações. Contudo, para quem gosta… não há melhor!

Honestamente? Fazem falta no mercado “coisas” destas. Disruptivas, diferentes, fora da caixa, mas simultaneamente capazes de bons momentos de condução para quem verdadeiramente gosta de automóveis, ou neste caso, triciclos!

Conclusão

Qualquer que seja o modelo os Vanderhall são, de facto, brinquedos para gente grande. Sem serem verdadeiros desportivos, são veículos capazes de proporcionar excelentes momentos de condução a céu aberto e aptos para transmitirem muita emoção sempre que se puxa por eles. Limitados na sua utilização e com um preço ao alcance de poucos, o que está garantido é uma experiência completamente diferente daquilo a que estamos habituados e claro, ser sempre o centro das atenções em todo o lado.

Ficha Técnica

Cilindrada

1485 cm3

Cilindrada

275 Nm

Binário Máximo

194 cv

Potência

Cilindrada

4,5 s

0-100 KM/H

225 km/h

Velocidade Máxima

Cilindrada

n.d. l/100 km

Combinado

7,5 l/100 km

Registado

n.d. g/km

Emissões CO2

Cilindrada

43 895€

Base

61 795€

Ensaiado


Thumbs UpMotor. Sons. Condução. Tração. Direção. Experiência.

Thumbs DownCaixa de velocidades nas reduções ou travagens. Acessibilidade ao espaço por trás dos bancos. Preço.