Castelo Branco apresentou primeiros inscritos no Circuito das Beiras by Bridgestone/First Stop

O Circuito das Beiras by Bridgestone/First Stop vai recriar, de 14 a 17 de setembro, a prova desenhada por Tavares de Melo, 120 anos depois!

O Circuito das Beiras by Bridgestone/First Stop, a primeira prova automobilística por etapas realizada em Portugal, vai ter lugar nos dias 14 a 17 de setembro e terá como palco as estradas que ligam o litoral ao interior, de Coimbra à Guarda passando por Castelo Branco. Serão cerca de 400 km de percurso que vão colocar à prova as máquinas, algumas centenárias, que vão estar presentes neste evento com chancela do Clube Escape Livre. Depois da conferência de imprensa de apresentação do Circuito das Beiras by Bridgestone/First Stop em Coimbra, cidade que será ponto de partida e chegada do evento, foi a vez de Castelo Branco receber os jornalistas no Museu Francisco Tavares Proença Júnior para serem revelados mais alguns detalhes.

O Circuito das Beiras by Bridgestone/First Stop vai recriar, 120 anos depois, a prova desenhada por Tavares de Melo, importador da Darracq, que acabou, mesmo, por vencer, após a ligação Coimbra, Castelo Branco, Guarda, Coimbra.

Unindo três capitais de distrito esta é uma iniciativa que para os adeptos dos automóveis antigos, e não só, que gostem de atividades que promovem os nossos territórios, será excelente. Abraçamos a iniciativa desde a primeira hora sempre em ligação com o Clube Escape Livre e as câmaras da Guarda e de Coimbra. Porque promove esta região que, apesar de estar no centro do país, é recordista em termos de atração de turistas. Por isso o apoio ao Circuito das Beiras e à iniciativa do Clube Escape Livre.

Leopoldo Rodrigues, Presidente da Câmara de Castelo Branco

É precisamente essa prova, agora no formato de passeio, embora com alguns slalom simples e provas de arranque, que o Clube Escape Livre vai recuperar, tendo reunido os apoios das câmaras municipais de Coimbra, Castelo Branco e Guarda, o patrocínio da Bridgestone/First Stop e as parcerias com o Museu do Caramulo, Museo de Historia de la Automocion de Salamanca, Clube de Automóveis Antigos de Castelo Branco e Automóvel Clube de Coimbra.

Após a revelação do evento no mês de janeiro no Salão Nobre da Câmara Municipal de Coimbra, foi a vez de Castelo Branco receber os jornalistas para mais detalhes sobre o Circuito das Beiras by Bridgestone/First Stop, a revelação da capa do livro que conta a história da prova da autoria do historiador José Barros Rodrigues, e a divulgação dos primeiros inscritos.

É um gosto enorme estar aqui em Castelo Branco para voltarmos a falar sobre esta prova com 120 anos e que esperamos que traga novidade e permita caminharmos em frente na busca de coisas novas que dinamizem a região.

Carlos Lopes, vereador do desporto da Câmara Municipal de Coimbra

Nesta conferência de imprensa que decorreu no Museu Francisco Tavares Proença Júnior, marcaram presença os presidentes das câmaras municipais de Castelo Branco e Guarda, o vereador do desporto da Câmara Municipal de Coimbra e o Presidente do Clube Escape Livre.

O Circuito das Beiras by Bridgestone / First Stop vai contar, ainda, 120 anos depois, com um piloto de Coimbra como embaixador do evento. Campeão do Mundo de Endurance e vencedor das 24 Horas de Le Mans, ambos na classe LMP2, Filipe Albuquerque é um dos maiores nomes do desporto automóvel nacional e internacional e empresta o seu nome a um evento que vai marcar o ano de 2023.

Acredito que o Circuito das Beiras será uma iniciativa para o futuro, pois carrega consigo dinamismo e, claro, a Guarda não poderia deixar de estar presente em mais uma ação do Clube Escape Livre.»

Sérgio Costa, Presidente da Câmara da Guarda

Na ocasião foi divulgado que serão apenas aceites 40 viaturas e reforçado o convite para os proprietários de modelos pré-guerra e clássicos até 1978 reservarem os dias 14, 15, 16 e 17 de setembro e se juntarem à festa.

Tiago Gouveia, em Darracq de 1902, representando o Museu do Caramulo, Luis Mata Perez, num Berliet de 1926, participando pelo Museu de Historia de la Automocion de Salamanca, Márcio Fernandinho presente pelo Clube de Automóveis Antigos de Castelo Branco com um Graham-Page 1929 e, ainda, Pedro Vilas Boas, MG J2 de 1932, Manuel Simões em Adler de 1936, Carlos Silva em Citroen 11 BL de 1947, José Reis em Mercedes-Benz 180 de 1954,  Luis Lavin em Ford A de 1930, António Ribeiro em Wolsley de 1937, João Balau em Ford B 1932 e António Dionísio em Hotchkiss “La Baule” de 1931, são os já inscritos com as viaturas mais antigas.

Entre as viaturas mais recentes destacamos o MGA de 1959 de Isabel Tinoco, o Peugeot 403 de 1960 de Joaquim Costa Gomes, o Jaguar E-Type de 1967 de Francisco Belo e o Alfa Romeo Giulia Sprint de 1968 de Fernando Taborda.

Perder a oportunidade de participar nas celebrações dos 120 anos do Circuito das Beiras by Bridgestone / First Stop é não acrescentar ao currículo uma linha exclusiva e única no panorama dos eventos de veículos clássicos em Portugal.

Luís Celínio, Presidente do Clube Escape Livre

Neste momento já estão inscritas 26 equipas e inscrições e informação podem ser feitas aqui:

Circuito das Beiras by Bridgestone / First Stop

Recriar a primeira prova portuguesa por etapas é o objetivo do Clube Escape Livre, exatamente, 120 anos depois do primeiro Circuito das Beiras.

Ler mais