Um ano e 25 000km 100% elétricos depois, quanto poupámos?

365 dias em modo 100% elétrico a bordo dos modelos Volvo Recharge. 25 000 km, depois, quanto poupámos face a um modelo a combustão?

Em 2022 decidimos experimentar viver Um Ano Elétrico. Isto é, um ano a conduzir em modo 100% elétrico. Fizemo-lo a bordo de três automóveis da marca sueca. Assim, os primeiros 10 000 km foam feitos com o Volvo XC40 P8 Recharge, a versão de tração integral deste SUV elétrico. Depois, outros 10 000 km com o Volvo XC40 P6 Recharge, a versão de tração dianteira. E, os últimos 5000 km, ao volante do Volvo C40 P8 Recharge, a versão “Coupé”. Falta agora saber quanto poupámos no Volvo C40 Recharge?

Por onde andámos com este Volvo C40 P8 Recharge?

Como dissemos no início deste projeto, a ideia não era fazer os habituais “ensaios” automóveis. Assim, em vez disso, fizemos a nossa vida “normal”. As rotineiras viagens casa-trabalho, trabalho-casa. A vida de “chauffeur” de pai de duas crianças com 6 e 11 anos num dia-a-dia entre a escola e as “mil e uma” atividades. As viagens em família e as escapadinhas românticas. Tudo isto numa experiência 100% elétrica em cidade, autoestrada e estradas nacionais.

Assim, o objetivo seria perceber se as diferenças entre um elétrico e um automóvel a combustão são compatíveis com o nosso estilo de vida. Nomeadamente as preocupações com os carregamentos, quer na disponibilidade de carregadores, quer no tempo que demoram.

No final, (ainda) nem tudo são rosas, mas também (já) não é nenhum “bicho papão”. Especialmente para quem, como nós, pode carregar maioritariamente em casa. E, como já referimos neste Diário de Bordo muitas vezes, neste momento, é o fator que faz toda a diferença nas contas finais.

Consumos reais do Volvo C40 P8 Recharge

Pub ADN energy MRec

Antes de passarmos às contas, vamos falar dos consumos do Volvo C40 P8 Recharge. Como já dissemos trata-se de um SUV “Coupé” com 408cv, tração integral e que pesa mais de duas toneladas! No entanto, o desenho mais aerodinâmico da traseira, faz muita diferença na autonomia face ao seu irmão XC40 P8 Recharge. Sobretudo em autoestrada. Vamos então à habitual tabela com os valores que registámos.

Tabela Consumos C40 Recharge

Para melhor perceberem esta tabela, passamos a explicar. Na primeira parte, a verde, mostramos o consumo real nas várias situações com a bateria carregada a 100% e usando até 1%. Ou seja, o máximo que pode obter de autonomia com uma carga completa.

Já a tabela azul indica as autonomias reais com a bateria carregada até 90%, o recomendado pela Volvo para uma utilização diária, em circuitos urbanos e mistos. E, em autoestrada, apresentamos o consumo para uma carga de 80% de bateria, já que a partir desta carga não compensa manter o carro a carregar numa paragem a meio de uma viagem longa.

Como ler a tabela para uma viagem longa em autoestrada?

Em circunstâncias normais, numa viagem longa, partindo com a bateria carregada a 100%, pode fazer tranquilamente 290-300 km até parar para carregar. Mas, depois de o carregar até 80% (35-40m num carregador de 150 kW), poderá fazer mais 250 km.

O Volvo C40 P8 Recharge é o Volvo elétrico ideal para viagens longas

Assim, comparando com as prestações dos outros dois modelos 100% elétricos da Volvo, podemos dizer que, em viagens longas, maioritariamente em autoestrada, o C40 Recharge é, atualmente, o modelo com mais autonomia na frota elétrica da marca sueca. Mas, o melhor que conseguimos, e fazendo uma condução “extremamente” cuidada em cidade, foi uma média de 17,9 kWh/100km, o que significaria uma autonomia real de 415 km (não chega aos valores apresentados pela marca, mas fica bastante próximo).

Top Consumo Urbano Volvo C40 Recharge

5000 km no Volvo C40 Recharge, quanto poupámos?

Ora, para percorrer estes 5000 km, realizamos 60% dos carregamentos em casa, numa tomada doméstica normal, como habitualmente com o nosso carregador ADN Energy, a 3,6 kW. E, desses carregamentos, 90% foram feitos durante a noite, em tarifa bi-horária, a um custo de 0,0967€ por kW. Os restantes 10% foram feitos no período normal, a 0,2152€ por kW.

Dessa forma, os restantes 40% dos carregamentos foram feitos em postos de carregamento públicos. Desses, 80% em carregadores rápidos (até 50kW) e 20% em carregadores ultra-rápidos (até 150kW, o máximo que o Volvo C40 P8 Recharge permite).

Vamos às contas!

Ora, para chegar aos valores finais, considerámos uma média de consumo para estes 5000 km de 20 kWh/100km.

Carregámos 60% “em casa”, ou seja, 3000 km, ou seja, 600 kWh. Destes 600 kWh que carregámos em casa, 540 kWh custaram 0,0967€/kWh e 60kWh custaram 0,2512€/kWh. Assim, nos carregamentos domésticos, gastámos 67,3€. Isto dá um valor de cerca de 2,24€ por cada 100 km percorridos.

Já fora de casa, carregámos os restantes 40%, ou seja, 2000km, 400kWh. Considerando um custo médio de 0,523€/kWh nos postos públicos, gastámos 209,2€. Isto dá um valor de cerca de 10,46€ por cada 100km percorridos. Uma diferença muito considerável face ao carregamento doméstico, como temos vindo a reforçar.

Tudo somado, percorrer estes 5000 km no Volvo C40 P8 Recharge custou-nos 276,5€. Ou seja, um custo de 5,53€ por cada 100 km percorridos.

Vamos então agora comparar com um veículo equivalente a combustão. Para isso vamos considerar um consumo médio de 8 l/100km para um equivalente a gasóleo e 10 l/100km para um a gasolina (não esquecer que estamos a falar de um SUV “Coupé” com 408 cv de potência). No primeiro caso, ao preço médio atual do gasóleo, o custo por 100 km seria de 14,32€ – quase três vezes mais! No segundo caso, a gasolina, o custo por 100 km seria de 17,6€, mais do triplo!

Considerando a comparação com o modelo a combustão mais poupado, e carregando maioritariamente em casa tirando partido da tarifa bi-horária, poupámos 439,5€!

Quanto poupámos em “combustível” num ano?

Dessa forma, nos primeiros 10 000km percorridos com o Volvo XC40 P8 Rechargepoupámos 885,93€. Nos 10 000 km seguintes ao volante do Volvo XC40 P6 Recharge, poupámos 982,1€. E, nos últimos 5000 km com o Volvo C40 P8 Recharge, poupámos 439,5€.

Assim, recordando que carregámos maioritariamente “em casa” e recorrendo a uma tarifa bi-horária, nos 25 000 km percorridos em 2022 em modo 100% elétrico, poupámos um valor total de 2307,53€!

Volvo C40 P8 Recharge Serra da Estrela 34 1

Conclusões finais

Assim, no próximo, e último, artigo do nosso Diário de Bordo deste Ano Elétrico, vamos fazer um resumo de tudo o que vivemos, as contas finais, a poupança (ou não) face a um veículo a combustão e ainda as nossas conclusões sobre como é, atualmente, viver o dia-a-dia com um veículo 100% elétrico. Mas, será que já é para todos? E para todas as circunstâncias? Contamos-lhe tudo em breve.

Pub ADN Energy leaderboard