Citroën C4 X “imita” Peugeot 4008 com modelo fastback

O C4 X é a novidade da Citroën que, pegando no C4 oferece-lhe um “fastback” que parece a carroçaria da moda.

O Citroën C4 X é a novidade da Citroën que, pegando no C4, oferece-lhe o mesmo tratamento feito pela Peugeot com o 4008 e oferecendo um “fastback”. Tudo para oferecer uma opção diversa dos SUV e cativar mais clientes para o segmento. Segmento que continua com quebras de vendas em favor dos SUV. Para Portugal o Citroën C4 X vem, apenas, com motorização elétrica segundo informações vindas da Noruega onde o carro foi apresentado à imprensa internacional e portuguesa.

Citroen C4 X

Curiosamente, a Citroën já tinha no seu portfólio de modelos o C5 X, muito semelhante no conceito. Porém, desta feita, a casa do “double chevron” junta ao segmento médio uma carroçaria inédita, menos radical que o Peugeot 4008, mas dentro da mesma ideia. Ou seja, oferecer uma carroçaria diferente – mas que já existiu no passado – para tentar conquistar novos clientes para o segmento.

Conquistar novos clientes

A ideia da Citroën é conquistar clientes em mercado como o Velho Continente, norte de África e Médio Oriente. Como referimos, o Citroën C4 X estará disponível apenas na versão e-C4 X, 100% elétrica, em 14 países europeus, tendo os restantes a oportunidade de optar pelas versões a gasolina ou Diesel.

O novo modelo só chega em 2023 a 80 mercados com as encomendas a serem abertas no outono. Quanto a preços, desconhecem-se nesta altura.

Citroen C4 X

Citroën ë-C4. Conforto, em absoluto SILÊNCIO! ?

Este é o Citroën ë-C4, e para além de ser o mais recente modelo do segmento C, é o único automóvel de passageiros elétrico da marca francesa.

Ler mais

O estilo do C4 X é… diferente

Pub ADN energy MRec

O C4 X é o primeiro modelo da Citroën lançado pela mão de Pierre Leclercq, que chegou à Citroën em 2018 vindo da Kia, BMW e Ford. Naturalmente que o carro já estava no plano da marca, mas como diz o designer, teve a oportunidade de fazer o conceito de estilo, podemos dizer, disruptivo.

Diz ele que “quisemos trazer algo de diferente, algo mais excitante. Mais emocional, sexy!”

O carro da Citroën não tem uma quinta porta, antes uma bagageira separada do habitáculo que tem dobradiças debaixo do óculo traseiro. Decisão que teve em linha de conta os mercados onde será vendido.

Tem muito do C4

O novo modelo tem por base a maior parte dos componentes utilizado no Citroën C4 e a verdade é que ambos os carros são iguais até ao pilar C. Porém, o C4 X tem um comprimento de 4,6 metros. Ou seja, tem mais 240 mm que o C4. O que o faz encaixar entre o C4 e o C5 X que tem 4,8 metros de comprimento.

Simultaneamente, o Citroën C4 X tem rodas maiores e uma altura ao solo incrementada que chega aos 156 mm. O novo modelo está mais próximo do C5 X. Ou seja, combina elementos de uma carrinha e de um cinco portas convencional, formando um crossover que é quase impossível enquadrar num segmento.

Pierre Leclercq, o diretor de estilo da Citroen, diz que “o melhor cumprimento ao nosso trabalho, pois, trouxemos alguma coisa interessante para o mercado… uma espécie de ‘pós’ SUV.”

Citroën C4. O novo rei do CONFORTO que já chegou ao TOP3!

A berlina francesa reinventou-se para fazer frente a um segmento cada vez mais concorrido. De visual arrojado e linhas aerodinâmicas, promete marcar a diferença pelo conforto.

Ler mais

Citroën isola C4 X dos rivais

Em outras palavras, a Citroën quer ajudar a criar um novo segmento viral que possa ter impacto nos SUV. E as coisas parecem estar a correr bem depois do sucesso do Renault Arkana, por exemplo.

Ainda assim, está para se perceber como é que o 408 será recebido e como correrá a vida do C5 X. Apesar disso, a marca descola-se do Akrana ao dizer que o Citroën C4 X está baseado num automóvel e não num SUV. Por outro lado, o Renault não tem opção 100% elétrica e o Citroën tem.

Plataforma CMP serve o novo modelo

A Citroën deita mão à plataforma CMP que serve para quase tudo dentro da Stellantis (talvez o sucesso do grupo ande por ali… em termos de economia de escala) acabando esticada para o C4. 

Poderia ter usado a EMP2, mas apesar de esticada, a CMP é mais leve e permite utilizar todo o tipo de mecânicas até aos 100% elétricos. E aqui está a grande diferença para o Peugeot 408 que utiliza a EMP2. Curiosamente, não possui uma versão 100% elétrica, apenas híbridos Plug-in. Essa versão totalmente elétrica só aparecerá em 2023.

C4 X igual em especificações

No que toca às especificações, são as mesmas do C4. Ou seja, a versão 100% elétrica tem uma autonomia de 360 km graças à bateria de 50 kWh. Esta alimenta um motor de 100 kW, ou seja 135 cv. 

As outras escolhas, que não para Portugal, incluem os motores a gasolina entre 100 e 130 cv e Diesel com 130 cv.

Podem estar a perguntar-se por que razão em Portugal o carro será vendido apenas como modelo 100% elétrico. Porque as vantagens fiscais entre nós, para os modelos 100% elétricos, são grandes. Depois, porque 30% dos C4 vendidos em 2022 já são 100% elétricos. Ou seja, faz todo o sentido.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!