24 Horas de Le Mans: Toyota vence em dia de glória portuguesa

As 24 Horas de Le Mans 2022 foram as mais “pacíficas” dos últimos anos.

As 24 Horas de Le Mans 2022 foram as mais “pacíficas” dos últimos anos. Porém, categorias houve que só conheceram vencedores no acaso da corrida, exemplo, a LMGTE Pro. Mas a edição deste ano das 24 Horas de Le Mans fica marcada pela quinta vitória, consecutiva, da Toyota na grande clássica francesa, pelas vitórias na categoria LMP2 do carro da Jota onde estava António Félix da Costa e na LMGTE AM onde a TF Sport venceu com o contributo do estreante Henrique Chaves. A cereja no topo do bolo foi a vitória da Algarve Pro Race na categoria LMP2 Pro AM que, assim, fez tocar a Portuguesa pela primeira vez em 99 anos de história da mítica clássica francesa.

A Toyota assegurou a sua quinta vitória consecutiva com o carro #8 pilotado por Sebastien Buemi, Brendon Hartley e Ryo Hirikawa, completando a dobradinha com o carro #7 (Mike Conway, Kamui Kobayashi e José Maria Lopez).

24 Horas de Le Mans

Le Mans: 5ª vitória da Toyota

Foi a quinta vez que um construtor conseguiu vencer cinco vezes consecutivas a prova gaulesa. As outras aconteceram com a Ferrari entre 1960 e 1965, Porsche entre 1981 e 1987 e Audi entre 2004 e 2008 e entre 2010 a 2014.

No final de uma volta completa ao relógio, as promessas da Alpine em incomodar a Toyota foram fogo fátuo e não foram além do 23º lugar. Por outro lado, a Glikenhaus terminou com um pódio (Ryan Briuscoe, Richard Westbrook e Franck Malleux) e um quarto lugar (Oliver Pla, Romain Dumas e Pippo Derani).

24 Horas de Le Mans

António Félix da Costa ganha 24 Horas de Le Mans na LMP2

Com um magnífico quinto lugar, a equipa Jota Sport impôs-se na categoria LMP2. Com António Félix da Costa acompanhado por Roberto Gonzalez e Will Stevens, a equipa britânica voltou a ganhar a mais competitiva classe das 24 Horas de Le Mans 2022. Primeira vitória para o piloto português na clássica francesa.

24 Horas de Le Mans

Azarado esteve, uma vez mais, Filipe Albuquerque. Piloto do Oreca Gibson da United Autosports, viu o seu companheiro de equipa, Phil Hanson, ser abalroado, na primeira curva após a largada. Ficaram depositadas na gravilha as esperanças de vitória do piloto português.

Este não saiu das 24 Horas de Le Mans de 2022 de mãos a abanar: foi 10º entre os LMP2 e 14º à geral e junto com Phil Hanson e Will Owen, figuram no livro de recordes do Mundial de Endurance. Como? Porque nunca uma equipa participante numa corrida do WEC fez 49 paragens (!) nas boxes!

A “Portuguesa” ecoou em Las Sarthe pela 1ª vez!

A bandeira portuguesa e o hino nacional tocaram, pela primeira vez em 99 anos de história de Le Mans, no pódio das 24 Horas. Responsabilidade da Algarve Pro Racing (APR), formação sediada no Algarve, que venceu a categoria Pro-AM da divisão LMP2. Ao volante do Oreca Gibson da equipa luso americana estiveram Steven Thomas, James Allen e René Binder.

Porsche ganha nos GT com muita sorte à mistura

A Porsche levou de vencida mais uma prova de 24 horas no circuito de La Sarthe, após uma corrida de eliminação. Depois de Ferrari e Corvette terem passado pelo comando, a Porsche viu François Perrodo, ao volante do Oreca Gibson da AF Corse colocar fora de prova o Corvette C8.R de Alexander Sims (que seguia ao volante), Nick Tandy e Tommy Milner. 

Com o líder fora de prova, Frédéric Makowiecki, Richard Lietz e Gianmaria Bruni levaram o Porsche 911 RSR à vitória, seguidos do Ferrari 488 GTE Evo de James Calado, Alesandro Pier Guidi e Daniel Serra e do 488 GTE Evo de Miguel Molina, Antinio Fuocco e Davide Rigone.

Henrique Chaves ganha na estreia em Le Mans

Ao volante de um Aston Martin Vantage AMR da equipa TF Sport, Henrique Chaves não podia ter melhor estreia nas 24 Horas de Le Mans. O piloto português, acompanhado por Ben Keating e Marco Sorensen, venceu na categoria GTE Am, completando um resultado de conjunto espetacular para as cores portuguesas.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!