Estes são TODOS os comercias elétricos para profissionais ⚡⚡

Dos comerciais ligeiros aos grandes furgões, estes são os comerciais elétricos para os profissionais disponíveis no mercado.

São, literalmente, a força motriz da economia. Vocacionados para o transporte de mercadorias ou passageiros, os furgões e comerciais, dão às empresas a mobilidade e flexibilidade que precisam, nas suas mais diversas atividades. As opções, no entanto, estão centradas no “velhinho” Diesel, que oferece aos empresários uma solução segura e financeiramente viável. Contudo, a transição para as soluções 100% elétricas é, cada vez mais, inevitável. No entanto, este é um passo que nem todos estão ainda preparados para dar.

Furgões 100% elétricos. Muito oferta, pouca autonomia

Os ligeiros comerciais 100% elétricos estão cada vez mais presentes no nosso parque automóvel. Opções como a Renault Kangoo Z.E. ou a Nissan e-NV200 são escolhas sensatas para quem a autonomia não é um entrave, como serviços públicos metropolitanos ou estabelecimentos, como padarias ou restaurantes. Estes furgões, de emissões zero, são também a solução para zonas verdes que muitas cidades já adotaram e que apenas permitem a circulação de veículos com este tipo de motorizações.

Por outro lado, quando os quilómetros rodados diariamente aumentam, surgem as dificuldades. Os automóveis comerciais são verdadeiramente ferramentas de trabalho, não se limitando ao tradicional casa-trabalho/trabalho-casa. Alguns destes carros e carrinhas percorrem diariamente mais de 500 quilómetros, dentro e fora das cidades, nas mais diversas circunstâncias e com diferentes tipos de cargas. Mas e se falarmos de comerciais elétricos? Estarão aptos a estes desafios diários?

A versatilidade, simplicidade e rapidez na sua operação são imprescindíveis na hora de escolher um comercial elétrico

Pub ADN energy MRec

Este handicap é exemplificado com propostas como a VW e-Crafter. A versão 100% elétrica do furgão de grandes dimensões da marca alemã foi lançada em 2019 com um preço de 50 366€ + IVA prometendo uns, tímidos, 173 quilómetros de autonomia. Quando a comparamos à sua irmã a combustão, com preços a partir dos 36 800€ + IVA, percebemos a relutância que a maior parte das empresas tem no investimento. Uma das principais novidades do mercado são os furgões da Maxus. O construtor chinês já tem no mercado nacional dois dos seus modelos, não só a eDeliver 3, mas também a eDeliver 9 com várias versões de bateria e dimensão.

Apesar da vontade não faltar, a eletrificação total no mercado profissional, é assim ainda um “luxo” reservado a poucos, mas que, para alguns, pode ser já uma solução viável com poupanças significativas ao nível tanto da economia de utilização, como dos benefícios fiscais. Por isso, deixamos aqui um apanhado dos veículos comerciais elétricos que já estão disponíveis no mercado.

Furgões Pequenos

  • Renault Kangoo Z.E. – ? 33 kWh – 190 km – ? 29 150€
  • Citroën e- Berlingo – ? 50 kWh – 200 km – ? 29 799€
  • Toyota Proace City – ? 50 kWh – 260 km – A anunciar
  • Mercedes-Benz E-Citan – ? 44 kWh – 285 km – A anunciar

Nota: A Nissan descontinuou recentemente a sua e-NV200 e ainda não revelou o modelo sucessor.

Furgões médios

  • Maxus eDeliver 3 ? 35 kWh – 158 km – ? 30 894€
  • Opel Vivaro-e ? 50 kWh – 230 km – ? 31 853€
  • Citroën ë-Jumpy ? 50 kWh – 230 km – ? 32 325€
  • Peugeot e-Expert ? 50 kWh – 230 km – ? 32 423€
  • Maxus eDeliver 3 ? 52,5 kWh – 240 km – ? 36 585€
  • Opel Vivaro-e ? 75 kWh – 330 km – ? 37 089€
  • Maxus eDeliver 3 (versão longa) ? 52,5 kWh – 240 km – ? 37 398€
  • Peugeot e-Expert ? 75 kWh – 330 km – ? 38 276€
  • Citroën ë-Jumpy ? 75 kWh – 330 km – ? 41 235€
  • Mercedes eVito ? 35 kWh – 150 km – ? 42 237€

Nota: A versão curta (normal) da Maxus eDeliver 3 tem 4,8 m3 de capacidade útil de carga, enquanto a versão longa atinge os 6,3 m3.

Furgões Grandes 

  • VW e-Crafter – ? 35,8 kWh – 173 km – ? 50 366€
  • Mercedes eSprinter – ? 35 kWh -118 km – ? 54 808€
  • Maxus eDeliver 9 – ? 51,5 kWh – 186 km – ? 55 284€
  • Renault Master E-Tech – ? 33 kWh – 120 km – ? 57 560€
  • Peugeot e-Boxer – ? 37 kWh – 90 km – ? 58 500€
  • Mercedes eSprinter – ? 47 kWh -155 km – ? 61 520€
  • Peugeot e-Boxer – ? 70 kWh – 225 km – ? 63 440€
  • Maxus eDeliver 9 – ? 72 kWh – 236 km – ? 72 833€
  • Maxus eDeliver 9 – ? 88,5 kWh – 296 km – ? 77 347€

NOTA: A Maxus eDeliver 9 está disponível com volumes de carga que vão dos 9,7 m3 até aos 11 m3.

Conhece as vantagens e preços de TODOS os carros elétricos do mercado

Em 2021 as vendas de carros elétricos aumentaram mais de 69%. Os modelos disponíveis são cada vez mais, e melhores. Aqui estão TODOS!

Ler mais

Comerciais elétricos. O reaparecer de um segmento

Inegavelmente, os carros comerciais, habitualmente derivados de citadinos e utilitários convencionais, são uma presença comum nas nossas estradas. A sua versatilidade faz deles a solução ideal para muitas empresas, cujos requisitos de transporte de carga, não tornam essencial o recurso a um furgão tradicional.

Deste modo, surgem assim diversas ofertas no segmento elétrico para colmatar precisamente esta necessidade. Desde o pequeno Citröen Ami Cargo, ideal para entregas nos centros urbanos, até ao Kia e-Niro Van, capaz de autonomias líderes de mercado.

Por fim, marcas como a Dacia, também não quiserem deixar de aproveitar esta oportunidade com o novo Spring Cargo que, provavelmente, será o novo companheiro de trabalho de muitos trabalhadores no futuro próximo.

Comerciais ligeiros

  • Citröen Ami Cargo ? 5 kWh – 75 km – A anunciar
  • Dacia Spring Cargo ? 27,4 kWh – 295 km – A anunciar
  • Kia e-Niro Van ? 39,2 kWh – 289 km – ? 29 990€
  • Kia e-Niro Van ? 64 kWh – 455 km – ? 34 990€
close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!