Toyota revela novo pequeno citadino em forma de crossover. Eis o Aygo X!

A Toyota rema uma vez mais contra a maré e revela o seu novo pequeno citadino para o segmento A. O Aygo X é um crossover urbano. Chega em 2022.

Enquanto alguns construtores decidem abandonar o segmento A devido essencialmente a custos de produção elevados num segmento com muito pouca margem, a Toyota faz diferente. Abandonando a parceria de outrora com os franceses de onde resultavam os dois irmãos gémeos do Aygo, o Citroën C1 e o Peugeot 107/108, a marca acaba de lançar aquele que vem revolucionar o segmento dos pequenos utilitários e praticamente sem qualquer concorrência. Senhoras e senhores, este é o novo Toyota Aygo X (lê-se Aygo Cross).

Esta é a terceira geração do pequeno Toyota que foi, ao longo das duas anteriores gerações, um dos citadinos mais vendidos na Europa. É também a primeira que chega ao mercado de forma completamente independente e em forma de um pequeno crossover. O objetivo agora é ainda mais ambicioso já que o segmento A, dos pequenos citadinos, encontra-se praticamente em extinção. Desta forma o pequeno Aygo X poderá arrecadar as vendas dos restantes modelos já descontinuados, e não são poucos.

Agora, um crossover!

O maior destaque é sem dúvida a adoção de uma carroçaria estilo crossover para enfrentar as modas que o mercado atravessa. Tendo crescido em todas as dimensões, o que tem sido comum em todos os segmentos, o novo Aygo partilha a plataforma GA-B do novo Yaris.

Desta forma foi possível não só aumentar as cotas de habitabilidade, como aumentar o espaço da bagageira nuns expressivos 63 litros. Agora, o Aygo X revela 231 l de capacidade, sendo que existe a opção do rebatimento dos bancos em proporção 50/50.

Previsivelmente com uma posição de condução mais alta, o novo Aygo X foi pensado para a cidade. Vai estar disponível em apenas quatro cores com combinações bi-tom e jantes de 17″ ou 18″ como opção.

Qualidade e equipamento no interior

No interior o salto qualitativo foi bastante grande, e mesmo pelas fotografias é percetível o afastamento das anteriores gerações que apresentavam comandos muito simples e uma consola central pobre. Ao nível da segurança está disponível o conjunto de sistemas apelidado de Toyota Safety Sense. Já no que diz respeito a conetividade podemos contar com Apple CarPlay e Android Auto e até carregamento de smartphones sem fios e sistema de som JBL com subwoofer integrado, provando que o alvo do novo pequeno modelo é também os jovens recém encartados. O teto de abrir panorâmico também se mantém como opção.

Inesperadamente, mas perfeitamente compreensível, está a opção da Toyota de não aplicar qualquer motorização híbrida no novo Aygo X. Ao invés disso, debaixo do capot do novo crossover urbano estará o bloco de três cilindros com 1.0 l de capacidade a debitar 72 cv de potência, e que estará disponível com caixa manual de cinco velocidades ou automática (CVT – variação contínua). Ainda assim, a marca anuncia consumos abaixo dos 5 l/100 km para ambas as versões e emissões de CO2 de pouco mais de 100 g/km.

Preços e datas

O novo Toyota Aygo X só chegará ao mercado no próximo ano (previsivelmente na Primavera). Numa primeira fase estará disponível para encomenda numa versão especial (e limitada) de lançamento com decoração específica e recheada de equipamento.

Embora ainda não sejam conhecidos os preços do novo Aygo X, e apesar da ausência de uma motorização híbrida se dever a custos de produção, é expectável que a terceira geração do citadino da Toyota chegue ao mercado com um preço acima do praticado na anterior geração. Contudo, é maior, mais seguro, mais versátil e tem muito mais equipamento, não apenas ao nível da segurança, mas também da tecnologia.

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!