Kia E-Niro Van. A versão comercial do crossover elétrico!

Com uma transformação feita para o mercado nacional, a Kia consegue converter o seu crossover num veículo comercial. Eis o E-Niro Van!

A Kia tem vindo a anunciar ambiciosos objetivos para os próximos anos. Desde logo, o lançamento de sete novos modelos 100% elétricos. Já conhecemos o EV6, mas a marca colocará no mercado até 2027 modelos desde o EV1 ao EV9. Paralelamente, a Kia começará uma forte aposta em soluções denominadas de prupose built vehicle. Veículos em plataformas skateboard desenvolvidos à medida de cada negócio ou necessidade.

Atenta às necessidades e tendências do mercado, a Kia acaba de criar um novo modelo para o mercado nacional. Pegando no modelo 100% elétrico E-Niro, a marca tranforma-o num veículo comercial de dois lugares. A transformação é feita em qualquer concessionário em Portugal, e passa pela remoção dos bancos traseiros e aplicação de uma estrutura com uma divisória de separação e uma nova chapeleira para tapar a zona de carga. Atrás a bagageira orignal do veículo é aproveitada, facilitando a utilização no dia-a-dia. Desta forma, a Kia poderá contar com o seu stock nacional, fazendo esta modificação “a pedido”.

Toda a transformação é feita sem danificar o interior do Kia E-Niro, já que a divisória é aplicada nos encaixes dos bancos traseiros e nas pegas laterais. Desta forma, a Kia insere no mercado nacional um novo modelo que, sendo um automóvel comercial elétrico, fica elegível ao incentivo do Fundo Ambiental, no valor de 6000€. A marca acredita poder potenciar a venda do novo modelo. É de referir que este incentivo é elegível tanto para particulares como para empresas, sendo que estas conseguem ainda abater o valor do iva.

E-Niro Van disponível em duas versões

Tal como acontece com a versão de cinco lugares, o Kia E-Niro Van também está disponível nas duas versões de bateria, 39kWh e 64kWh. A primeira está disponível por 29 900€ (36 887€ c/iva) com um autonomia WLTP de 289 km, enquanto o segundo tem um preço de 34 000€ (52 068€ c/IVA) com uma autonomia de 405 km WLTP. A versão mais acessível poderá ficar para uma empresa pelo preço de 23 900€ após abatimento do IVA e receção dos 6000€ do incentivo.

Qualquer uma das versões do Kia E-Niro Van disponibiliza 1,5 m3 de carga, ou seja, 1500 litros no total. Qualquer uma das coberturas de carga é facilmente removível para transporte de volumes de maiores dimensões ou altura.

Desta forma, e após dois anos, é possível reverter a alteração voltando a transformar o Kia E-Niro Van num veículo de cinco lugares, já que os bancos originais são fornecidos.

A introdução deste crossover comercial elétrico é um sinal do nosso compromisso para com a generalização das motorizações elétricas e eletrificadas e um argumento único na gama ecológica da Kia, que já é uma das mais extensas e diversificadas do mercado português. O Kia E-Niro Van representa ainda a nossa capacidade de iniciativa e demonstra a agilidade da Kia enquanto construtor e agente de mudança.

João Seabra, diretor-geral Kia Portugal

Kia e-Niro. A proposta elétrica mais POLIVALENTE do mercado!?

Se todos os elétricos fossem como o Kia e-Niro, já muitos dos preconceitos se teriam desvanecido perante as propostas 100% elétricas.

Ler mais

Todos os restantes atributos mantém-se

Pub ADN energy MRec

O Kia E-Niro Van é, em tudo o resto, um E-Niro como todos os outros, mantendo o mesmo nível de equipamento e restantes atributos. Também a garantia de 7 anos ou 150 000 km é válida para o novo modelo comercial.

O Kia E-Niro Van destina-se a empresas e pequenos negócios que ao invés de um pequeno furgão pretendem uma imagem mais cuidada e distinta já que com os vidros traseiros escurecidos, o Kia E-Niro Van passa completamente despercebido. Exteriormente é exatamente igual a qualquer outro Kia E-Niro. Contudo, as vantagens para particulares são exatamente as mesmas como referido, exceção ao número de unidades elegíveis (uma para particulares, duas para empresas).

Durante o momento em que conhecemos o novo modelo e pudemos constatar a forma como a alteração do novo modelo foi feita ficámos ainda a saber que, dos 150 incentivos que o estado tem previstos do Fundo de Ambiental para aquisição de veículos comerciais elétricos, estão atualmente atribuídos apenas 30.