Renault Clio RS 172 – O primeiro a ostentar a sigla Renault Sport!

Na rúbrica da nossa Newsletter trazemos um carro especial. Vale tudo, só não vale um carro qualquer! Esta semana o Renault Clio RS 172.

Cá dentro ou lá fora não faltam automóveis mais ou menos bizarros, mais ou menos especiais, mais ou menos raros. Pode até ser aquela versão que sempre quisemos ter na garagem! Ás vezes é só para ver… mas também há as compras de impulso! Quem não tem aquele amigo ou familiar que já o fez? A vontade é sempre adicionar mais um e nunca vender… Assim nasceu esta rúbrica, exclusiva para ti, subscritor da nossa Newsletter “Livre Trânsito”.

Depois de na semana passada termos trazido o Honda Civic Type R, um desportivo vindo do oriente, esta semana regressamos a um dos nossos temas favoritos, os “Pocket Rocket“! Um tema recorrente dado que já destacamos mais do que um exemplar. E neste caso calha mesmo bem, na semana em que anunciamos a Pocket Rocket Tour. Não sabes o que é? Carrega no link e descobre!

Se gostas de pequenos desportivos, a Pocket Rocket Tour é para ti!

O evento conta com um limite de 25 inscrições que se prevê que esgotem rapidamente. É uma oportunidade para os pocket rocket saírem à rua.

Read more

O primeiro Renault Sport com direito a ostentar o nome!

Hoje voltamos ao portfolio da Renault. Para substituir o utilitário 5 a marca francesa lançou um nome e um modelo que viria a marcar as três décadas seguintes, o Clio. Lançado em 1990 e substituído em 1998, a primeira geração do Clio teve como maior expoente desportivo o Clio Williams. Mas não é esse que trazemos aqui hoje. Falamos de algo um pouco mais recente…

Lançada entretanto a segunda geração Clio, em 1998, a versão desportiva não tardou e um ano depois surge o Clio Renault Sport. Este foi o primeiro a usar essa designação em termos comerciais. Todavia a equipa sediada em Dieppe já tinha trabalhado no 16v e no Williams.

Este Renault Clio RS 172 deu inicio a uma submarca com ótimos produtos ao longo dos anos e que contribuiu para reforçar a imagem desportiva da marca. Todavia esse trajeto chega ao fim em 2021 com a transferência das versões desportivas Renault para a Alpine.

Leve e potente

Com efeito, no final dos anos 90 a sobrealimentação era pouco comum neste segmento e a receita mais habitual consistia em montar um motor com mais cilindrada e pô-lo a fazer mais rotação! Assim, o Renault Clio RS 172 tinha o motor 2 litros F4R730 com 16 válvulas de comando variável, o que lhe permitia atingir as 7000 rpm. A potência é de 172 cv e o binário atingia os 200 Nm.

A caixa é manual de cinco velocidades e tínhamos os obrigatórios alargamentos na carroçaria e as jantes especiais, neste caso umas OZ de 15″. Com apenas 1050 kg de peso o Renault Clio RS atingia os 100 km/h em 7,3 s e só parava aos 224 km/h.

A posição de condução do Renault Clio RS não era referencial mas os bancos em pele e Alcântara ajudavam a segurar melhor o corpo. Também o volante era forrado a Alcântara. O equipamento incluía ar condicionado e uma caixa de 6 CD’s na bagageira… na época era espetacular, certo?

A unidade que trazemos hoje do Clio RS é nacional, está em estado original (o que já não é fácil de encontrar) e tem a cor cinza da apresentação.

Renault Clio RS anuncio

Se por acaso vieste aqui ter mas ainda não subscreves-te a nossa Newsletter, são conteúdos como este que estás a perder.

Até à próxima semana!

Nota

Esta nova rúbrica tem como objetivo dar a conhecer automóveis no mercado de usados que, por algum motivo, nos parecem um conteúdo interessante de dar a conhecer. Não existe qualquer relação entre o Clube Escape Livre e o vendedor. Mais informamos que à data de publicação deste artigo, o anúncio encontrava-se online, o que naturalmente deixará de se verificar no futuro.

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!