Mercedes renova o AMG GT Coupé de quatro portas. O que mudou?

A Mercedes-AMG renova o seu modelo mais bem-sucedido, o AMG GT Coupé de quatro portas. Mais argumentos que vigoram a sua posição no mercado.

O bem-sucedido AMG GT Coupé de 4 Portas é agora ainda mais distinto, reforçando a sua posição como automóvel desportivo apto para qualquer situação no dia-a-dia. O modelo teve tão grande sucesso que conseguiu conquistar novos grupos de clientes e gerou muita admiração pela marca. Acima de tudo, o AMG GT combina dinâmica de condução com viabilidade prática no dia-a-dia, graças às quatro portas e ao espaço para até cinco passageiros. Sendo o detentor da volta mais rápida no circuito de Nürburgring, é também notório que a tecnologia e a rigorosa afinação do modelo, estão ao mais elevado nível e estabelecem referências no segmento.

Exterior revelador de performance!

O desenho da versão de seis cilindros do AMG GT 4 Portas, mantém-se inalterado, mas a secção dianteira tem como opcional o visual da versão de oito cilindros. O modelo conta agora com mais três cores às já existentes, spectral blue metallic, spectralblue magno (mate)  cashmere white magno (mate). O novo pack AMG Night II acrescenta uma aparência desportiva ainda mais acentuada, que nesta opção a grelha frontal tipicamente AMG, é revestida em cromado preto.

Conforto e elegância num desportivo

A Mercedes-AMG reconfigurou a suspensão já existente, a AMG RIDE CONTROL+. Contudo, continua a ter como base um sistema de suspensão pneumática multicâmara, combinado com amortecimento adaptativo e ajustável, controlado eletronicamente. A suspensão do AMG GT 4 Portas utiliza agora duas válvulas limitadoras de pressão. Estas válvulas de controlo continuamente variável, localizadas no exterior do amortecedor. Permitem assim ajustar mais rigorosamente a força de amortecimento às diferentes condições de condução e aos programas da transmissão. Além disso, o modelo dispõe de duas novas jantes de liga leve, umas de 20 polegadas de 10 raios duplos e umas jantes forjadas desportivas de 21 polegadas de 5 raios duplos. Como opção, as pinças de travão na cor vermelho podem agora ser também encomendadas para os modelos de seis cilindros.

Por fim, o volante do modelo de sucesso da Mercedes-AMG, recebeu também atenção nesta renovação. Os três raios duplos arredondados combinam estabilidade com elegância. O aro do volante pode ser opcionalmente equipado com aquecimento. Está também equipado com um sensor em forma de tela para detetar as mãos colocadas no volante. Se o sistema deteta que as mãos não estão no volante durante um período de tempo, inicia de imediato um ciclo de aviso. Os destaques visuais incluem os botões, que estão integrados nas superfícies dos raios duplos horizontais. Dessa forma, os interruptores táteis na zona dos símbolos facilitam o controlo. Uma das novidades é o opcional revestimento em madeira porosa de antracite no painel de instrumentos, nos painéis das portas e na consola central.

As motorizações do AMG GT coupé de 4 portas mantém-se inalteradas com os AMG GT 43 e 43 4MATIC+ de 367 cv, o AMG GT 53 4MATIC+ de 435 cv e os topos de gama AMG GT 63 e 63 S 4MATIC+ com 585 e 639 cv respetivamente. Para além disso, não há indicações de alterações na gama de preços que começa aproximadamente nos 125 mil € e vai até aos 225 mil € da versão de topo. A estes valores há naturalmente que adicionar o valor da panóplia de opcionais possíveis.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!