Nissan 300ZX – Muita tecnologia num Bi Turbo alucinante!

Na nova rúbrica da nossa Newsletter trazemos um carro especial. Vale tudo, só não vale um carro qualquer! Esta semana o Nissan 300ZX.

Cá dentro ou lá fora não faltam automóveis mais ou menos bizarros, mais ou menos especiais, mais ou menos raros. Pode até ser aquela versão que sempre quisemos ter na garagem! Ás vezes é só para ver… mas também há as compras de impulso! Quem não tem aquele amigo ou familiar que já o fez? A vontade é sempre adicionar mais um e nunca vender… Assim nasceu esta rúbrica, exclusiva para ti, subscritor da nossa Newsletter “Livre Trânsito”.

Depois de na semana passada termos trazido o Porsche 718 Cayman GT4, esta semana vamos até ao Japão, mais precisamente ao inicio dos anos 90 e a uma disputa entre as marcas “locais”.

Uma enorme corrida à performance… limitada aos 280 cv!

Com efeito, no inicio dos anos 90 as marcas japoneses estavam apostadas, cada uma ao seu jeito, em dominar o mercado dos desportivos. Não só localmente como também no mercado da exportação, especialmente nos EUA. Neste período quatro modelos cristalizaram esta enorme competição interna, a saber: O Honda NSX, o Mazda RX-7, o Nissan 300ZX e o Toyota Supra.

Assim sendo, hoje debruçamos a nossa atenção sobre o Nissan 300ZX. Fazendo uso da letra Z, com história e estatuto da gama da Nissan desde o 240Z dos anos 70, o 300ZX (nome de código Z32) era reflexo de um enorme avanço tecnológico patente na segunda metade da década de 80.

Seis cilindros, 3.0 cm3 e 280 cv!

Desenvolvido já com o recurso a CAD e a simulações de computador, o 300 ZX é lançado em 1989 no Japão, chegando à Europa um ano depois. Montava um motor seis cilindros 3l Bi-Turbo com 280 cv e 384 Nm de binário. A suspensão era eletrónica com dois modos de dureza e as rodas traseiras eram direcionais, algo que a Nissan denominava de “Super HICAS”. Como os 280 cv resultavam dum pacto “de não agressão” entre os fabricantes japoneses, a potência real do Nissan 300ZX era muito superior, além do enorme potencial de modificação que se veio a materializar nos anos seguintes.

Quando pensámos no Nissan 300ZX encontramos um rigorosamente original em vermelho, uma das cores de apresentação com configuração 2+2, a única vendida oficialmente na Europa. Mas provavelmente alguém o encontrou antes que pudéssemos publicar. Certamente já estará a fazer alguém feliz!

Assim, a unidade que acabamos por aqui trazer, que segundo o proprietário também se encontra original é apresentada num “azul pérola”.

Nissan 300ZX anúncio

Esta geração do Nissan 300ZX não teve substituto direto. A Nissan voltou a usar a letra Z com o 350Z e 370Z uns anos mais tarde. Estes mais recentes já tivemos oportunidade de ensaiar e por nós, facilmente integravam também aqui o “plantel” da nossa garagem.

Se por acaso vieste aqui ter mas ainda não subscreves-te a nossa Newsletter, são conteúdos como este que estás a perder.

Até à próxima semana!

Nota

Esta nova rúbrica tem como objetivo dar a conhecer automóveis no mercado de usados que, por algum motivo, nos parecem um conteúdo interessante de dar a conhecer. Não existe qualquer relação entre o Clube Escape Livre e o vendedor. Mais informamos que à data de publicação deste artigo, o anúncio encontrava-se online, o que naturalmente deixará de se verificar no futuro.

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!