Troféu C1 regressou a Braga em grande para ajuste de contas

Num fim-de-semana recheado de competições, o Troféu C1 regressou para fazer as pazes com o circuito de Braga com uma corrida muito disputada.

O Troféu C1 está de novo em ação. O Circuito Vasco Sameiro, em Braga, recebeu mais de 30 irrequietos Citroën C1 para o arranque da terceira temporada desta entusiasmante competição organizada pela Motor Sponsor. Foram várias as competições que decorreram no circuito de Braga durante o fim-de-semana, entre elas o Porsche GT3 Cup, mas no sábado foram os Citroën C1 do Troféu C1 2021 que dominaram o tempo em pista.

Numa corrida intensa e repleta de episódios, a Artlaser by Gianfranco (Manuel R. Sousa, Francisco Matos Gil e João Pedro Ribeiro) herdou o primeiro lugar da VLB Racing (Raul Delgado, Estevão Oliveira, Rui Xavier e Pedro Dias) ao ter sido penalizada com 30 segundos por não ter cumprido um “drive-through”. Desta forma, venceu na geral, e na categoria PRO. Já nos AM, a equipa Razão Automóvel (Diogo Teixeira, Guilherme Costa, Nuno Antunes e Gonçalo Raminhos) garantiu o triunfo, destacando-se desde a qualificação.

Com o desconfinamento gradual que se assiste em Portugal, o Troféu C1 retomou a atividade neste sábado, dia 24 de abril. Foi um dia muito intenso para todos os participantes no Braga Racing Kickoff. O programa começou bem cedo, para uma renhida sessão de treinos cronometrados. O Team CAM mostrou a sua ambição para a ronda bracarense e estabeleceu a melhor marca. Com a pole-position atribuída, o Team NB Clima ficou com segundo lugar, enquanto a Manahu Care – Gianfranco Motorsport garantiu o terceiro posto na grelha de partida. Na categoria AM, a melhor posição foi da Razão Automóvel, que arrancou em 9º da geral.

Civic Type R juntam-se aos Citroën C1 em nova competição

Em 2022 arranca mais uma competição. A Civic ATOMIC Cup faz regressar os Honda Civic Type R para devolver emoção às pistas nacionais.

Read more

Os treinos cronometrados antecipavam um tremendo equilíbrio e, por consequência, espetáculo durante a corrida. Os dez mais rápidos no primeiro confronto do dia ficaram separados por menos de um segundo.

6 intensas horas de corrida

Com um equilíbrio tão evidente, a grelha formou-se pouco antes das 14 horas. As nuvens escuras deixavam antever que a chuva podia juntar-se à festa. No arranque, os concorrentes discutiram as melhores posições com o piso do Circuito Vasco Sameiro ainda seco. Houve despiques animados durante toda a corrida. A luta estendeu-se para além do primeiro lugar. Mas também na frente houve muitas alterações. Ao longo das seis horas de competições houve, pelo menos, oito líderes diferentes.

Com condições climatéricas que foram mudando e um traçado com asfalto muito agressivo para os pneus, os desafios na gestão da corrida foram vários. Se o equilíbrio dos conjuntos já contribuiu para o espetáculo, também o safety-car, que teve de entrar em pista, e a chuva, adicionaram pimenta à já picante corrida do Troféu C1. No final, o primeiro carro a ver a bandeira de xadrez foi o C1 com o número 188, da VLB Racing. No entanto, a equipa acabou por ser penalizada devido a um incidente de corrida e a Artlaser by Gianfranco, com o número 266, foi promovida ao primeiro lugar final.

Razão Automóvel vence categoria AM

E se na categoria PRO as novidades foram o 3º lugar da equipa C1 Racing Team (André Pardal, Hugo Castanheira, Rui Camelo), vencedores em 2019 da categoria AM, nesta última o destaque foi para a equipa Razão Automóvel, nascida em 2019 como equipa Escape Livre / Razão Automóvel. Se até então o azar batia à porta da equipa com vários problemas mecânicos e de afinação do carro, em 2021 a equipa já demonstrou para o que vem.

O regresso do Troféu C1 revestiu-se de enorme simbolismo. Em primeiro lugar, porque é a retoma da atividade depois de uma fase que, por força da pandemia, ainda provoca muita instabilidade e incerteza. Em segundo lugar, porque voltámos ao Circuito Vasco Sameiro, local onde tudo correu muito bem. As primeiras experiências não tinham sido positivas, mas desta vez, o nível foi elevado. Quero agradecer, por isso, o fantástico trabalho do CAMI e de todos os comissários.

André Marques, Motor Sponsor

Concluída a primeira jornada de três, o Troféu C1 despediu-se do Circuito Vasco Sameiro “fazendo as pazes” com Braga. Agora, ruma a sul para a segunda ronda do ano. A corrida no Autódromo Internacional do Algarve está agendada para o dia 28 de agosto.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!