Pacesetter, o MINI Electric que (ainda) não podes comprar

Este é o MINI Electric Pacesetter, o “safety car” de apoio ao Campeonato de Fórmula E, e que poderá vir a servir de base a futuros modelos eletrificados da marca inglesa.

A MINI acaba de revelar o MINI Electric Pacesetter inspired by JCW, o novo Safety Car de suporte ao Campeonato Mundial de Fórmula E. Um “one-of-a-kind” que poderá servir de inspiração para futuros modelos eletrificados da marca de Oxford. A primeira aparição em público está marcada para dia 10 de abril, em Roma, na terceira prova do Campeonato.

MINI Electric Pacesetter 16

Revelação já esperada

Ficamos assim a conhecer o que a MINI estava a preparar depois do teaser que lançou a semana passada no seu Instagram com a frase “A game changer is coming”. Este já deixava antever tratar-se de um Pace Car uma vez que eram visíveis as luzes características por cima do aileron.

Fruto de uma parceria entre a MINI Design, BMW Motorsport, FIA e Fórmula E, o MINI Electric Pacesetter inspired by JCW poderá ser a primeira prova-de-conceito de um futuro modelo “JCW” 100% elétrico. Quem o diz é o próprio Bernd Körber:

Já mostrámos como a condução divertida e a mobilidade elétrica podem ser indissociáveis com o MINI Electric. No entanto, o MINI Electric Pacesetter inspired by JCW vai um passo adiante e mistura o caráter da performance da marca “John Cooper Works” com a mobilidade elétrica. Esta versão “extrema” do MINI Electric foi desenvolvida para ser o Safety Car da Fórmula E, por isso há uma clara intenção de não o usar nas estradas públicas. Mas revela uma das direções que podemos tomar com a eletrificação da marca JCW. Para mim, a mensagem é clara: eletrificação e John Cooper Works são uma boa combinação!

Bernd Körber, Diretor da MINI

Com o intuito de remeter ao passado histórico de corridas da divisão John Cooper Works e aliado à mobilidade elétrica, este “pediu” emprestada a base ao MINI Cooper SE. Deste modo inclui a mesma motorização e bateria, mantendo os mesmos 184 cv, 280 Nm e bateria de 32,6 kWh.

Já no que toca ao aspeto visual, são evidentes as semelhanças com o mais recente MINI JCW GP3. É o caso da asa traseira e jantes, juntando as últimas atualizações de estilo no grupo ótico e desenho dos para-choques.

O MINI para 2021 mudou! Mais irreverência, a mesma receita!

O MINI mudou, e não foi apenas no exterior. Eis o que podemos esperar dos novos MINI para 2021, nesta nova atualização de estilo.

Read more

Dieta “rígida”

O interior do MINI Electric Pacesetter inspired by JCW foi reduzido apenas ao essencial. Tal como no MINI JCW GP3, apenas os bancos dianteiros se mantém, onde os bancos traseiros passam a dar lugar a uma “roll-cage” (gaiola) para aumentar a rigidez e segurança.

Os bancos em “backet” com arnês de seis pontos dispõem de um revestimento leve e “impresso” em 3D. O volante e painéis interiores são revestidos a fibra de carbono. Ao centro do tablier, onde geralmente está disposto o mostrador central característico dos MINI, passa a estar uma cobertura também em fibra de carbono onde se lê a frase “Be safe, Stay Healthy”. E nem mesmo os puxadores das portas escapam à redução de peso, já que dão ligar a uma simples fita.

Tudo isto para conseguir uma “dieta” de 130 kg face ao MINI Cooper SE, totalizando 1230 kg de peso total. O que resulta num sprint dos 0-100 km/h de 6,7 segundos (face aos 7,3 do modelo de produção).

Graças à experiência da BMW Motorsport, o MINI Electric Pacesetter inspired by JCW recebeu ainda elementos que aumentam ainda mais a experiência de condução em pista. Entre eles, uma suspensão com coilovers ajustáveis em três direções. Algo que, no nosso entender, não devia ter sido descurado na versão de produção do MINI JCW GP3. Para além disso, o Pacesetter conta com um alargamento de vias em 10 mm e uma travagem herdada do MINI JCW GP3. Os pneus são os mesmos que equipam os carros de Fórmula E em pista, os Michelin Pilot Sport.

Estreia em Roma

Por fim, ao volante do MINI Electric Pacesetter inspired by JCW que marca a sua estreia a 10 de abril estará Bruno Correia, o piloto oficial do “safety car” da FIA Fórmula E.

Agilidade, performance, carro de aparência espetacular. O MINI Electric Pacesetter Safety Car do campeonato mundial FIA Formula E tem tudo. Muito divertido de conduzir, parece que estamos num “kart”.

Bruno Correia, piloto oficial do safety car da FIA Fórmula E
close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!