Citroën C4 está de regresso e chega com grandes ambições!

O novo Citroën C4 já está disponível no mercado nacional. A berlina com inspiração SUV promete chegar ao top do segmento como referência no conforto.

A Citroën não podia deixar de estar presente naquele que é o segundo maior segmento do mercado, representando cerca de 32%, até porque é um segmento particularmente familiar para a marca. E apesar da invasão SUV no mercado, é um facto que no segmento C, ainda são as berlinas que conquistam um maior número de vendas. É neste contexto que a Citroën lança o seu novo Citroen C4. Um modelo que se assume como uma berlina, mas que declaradamente recebe uma inspiração SUV/crossover através não só de uma elevada altura ao solo, como de vários outros detalhes não menos relevantes.

Cocktail de conceitos

Assente na plataforma modular CMP, o novo Citroen C4 traz para o mercado uma nova identidade. Ao invés de uma tradicional berlina, a marca quis colocar no mercado algo pioneiro. Um automóvel com as vantagens de uma berlina, e as linhas mais apelativas de um coupé, mas com uma atitude SUV que pretende transmitir robustez e segurança, algo que conquista muitos clientes no segmento SUV.

Citroen C4 2020 13

Para isso contamos com um capot alto e horizontal, revestimentos ao longo de toda a carroçaria com os desenhos dos airbumps na zona lateral inferior e rodas de grande diâmetro, com uma altura ao solo de 15,6 cm, facto que lhe permite também uma posição de condução superior. Tudo isto sem prejudicar a aerodinâmica do modelo, muito pelo contrário. O novo Citroen C4 mede 4,36 m de comprimento, 1,8 m de largura e 1,52 m de altura.

No interior contamos também com várias novidades. Para o condutor, um novo painel de instrumentos, novo volante e novo sistema de head-up display. Na consola central um ecrã do sistema de info-entretenimento bem posicionado, comandos físicos para a climatização, e novos comandos para a caixa de velocidades automática.

Conforto é prioridade

E se o Citroën C5 Aircross já é um exemplo de conforto, o Citroen C4 2020 promete honrar os pergaminhos da marca. Existem ainda os novos bancos Advanced Comfort que prometem garantir o melhor conforto do segmento, juntamente com as suspensões de batentes hidráulicos progressivos. Encontramos ainda outras novidades como o Smart Pad Support que permite encaixar um tablet à frente do passageiro da frente para que este possa ver um filme ou navegar na internet durante a viagem. Através de um filtro colocado no suporte do tablet, fica impossível ao condutor visualizar a imagem do tablet, mantendo assim a segurança com os olhos na estrada. Por cima do porta-luvas existe ainda uma nova gaveta útil para outro tipo de objetos e que faz parte de um total de 16 compartimentos de arrumação presentes no novo C4.

Como berlina familiar, o novo Citroen C4 apresenta ainda o maior espaço para joelhos nos lugares traseiros do segmento. A bagageira conta com um fundo falso, fácil acesso e 380 l de capacidade.

Durante a condução contamos também com 20 sistemas de ajudas à condução e seis tecnologias de conetividade. No primeiro capítulo destaque para a condução semiautónoma de nível 2. Já nas tecnologias, e só para exemplificar, temos o carregamento de smartphones sem fios ou a Connectedcam da Citroen, entre outros.

A personalização também mantém-se no Citroen C4 2020. Através das sete cores de carroçaria e dos cinco packs de cor para os airbumps, são possíveis 31 combinações diferentes. Para além disso, é proposto com quatro níveis de equipamento, Feel, Feel Pack, Shine e Shine Pack.

Gama e preços

O novo Citroën C4 chega ao mercado de facto com várias novidades mas, acima de tudo, com a enorme mais valia de poder contar com versões gasolina, Diesel e ainda 100% elétrica com o modelo Ë-C4.

Na entrada de gama temos o motor 1.2 Puretech de 100 cv com caixa manual. Está disponível apenas no nível de equipamento de entrada, e é proposto por 23 606€. Seguem-se as variantes de caixa manual e automática de oito relações (EAT8) para o motor 1.2 Puretech de 130 cv, entre os 24 908€ e os 31 108€. Por fim, a oferta gasolina termina no 1.2 Puretech de 155 cv só com caixa EAT8 e no nível mais equipado por 33 106€.

O Diesel é composto pelo 1.5 BlueHDi nas versões de 110 cv (caixa manual) e 130 cv (EAT8) com preços que vão dos 27 706€ aos 34 908€, de acordo com o nível de equipamento.

Ë-C4 – O C4 elétrico

Em simultâneo, e já disponível no mercado nacional, a Citroën disponibiliza a versão 100% elétrica do C4, denominada de Ë-C4. Com um motor de 100 kW (136 cv) apresenta uma autonomia de 350 km (WLTP) através de uma bateria de 50 kWh. Para além disso, sem restrições ao nível de espaço e versatilidade face ao modelo base. Com 260 Nm de binário o Citroen C4 elétrico atinge os 100 km/h em 9,7 s e alcança os 150 km/h de velocidade máxima.

Dos modelos assentes na plataforma CMP, o C4 é o que apresenta maior autonomia. Por outro lado, é possível carregar 80% da bateria em apenas 30 minutos num posto de carregamento rápido (100 KW). Com uma Wallbox é possível carregar a totalidade entre 5 a 7h30, dependendo do tipo de corrente bem como da potência. Numa tomada doméstica, o C4 levará entre 15 a 24 horas para carregar a totalidade da bateria.

Com oito anos de garantia ou 160 mil km para 70% da bateria, o C4 elétrico é proposto por um preço a partir de 37 606€.

VersãoCombustívelCilindradaPotênciaCaixaFEELFEEL PACKSHINESHINE PACK
1.2 PuretechGasolina1199100Manual23 606€
1.2 PuretechGasolina1199130Manual24 908€ 26 308€27 908€
1.2 PuretechGasolina1199130EAT828 108€29 708€ 31 108€
1.2 PuretechGasolina1199155EAT833 106€
1.5 BlueHDiDiesel1499110Manual27 706€29 106€30 706€
1.5 BlueHDiDiesel1499130EAT830 508€31 908€33 508€34 908€
ë-C4100% Elétrico100 KW136Auto37 606€38 608€40 006€41 406€

Com este novo Citroen C4, a marca não pretende apenas manter a tradição no que diz respeito a conforto. O objetivo é o top três das vendas do segmento!

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!