Novos Dacia Sandero chegam com preços imbatíveis!

O novo Dacia Sandero chega já no final de janeiro, juntamente com a versão Stepway. Ambos mais evoluídos e com preços imbatíveis.

Desde sempre que a Dacia propõe automóveis simples, confortáveis, fiáveis, robustos e a um preço imbatível. É o que volta a suceder com as novas versões do Sandero e do Sandero Stepway. Assim, a partir do final de janeiro, a Dacia coloca no mercado as novas versões do Dacia Sandero e do Dacia Sandero Stepway. O primeiro com preços a partir dos 9 000 €, de tal forma que o torna no carro mais acessível à venda em Portugal. Já o segundo a partir dos 13 500 €, com a novidade de, pela primeira vez, surgir o teto de abrir elétrico, em vidro.

As novas versões surgem com uma nova plataforma, têm um nível equipamento acrescido, mais sistemas de segurança ativa e passiva e novas motorizações. Entre elas uma versão gasolina/GPL, bem como uma nova caixa automática e uma inédita caixa manual de seis velocidades.

Instalada em Portugal, desde 2008, foi com o Sandero que a Dacia começou a sua penetração no mercado nacional. A marca comercializou cerca de 50 000 carros ao longo dos tempos, 44% dos quais Sandero. O modelo surge agora com uma significativa evolução em relação à versão anterior, mas ainda com preços imbatíveis.

O desenho

Com o intuito de o tornar mais moderno e apelativo, o modelo apresenta agora novo desenho exterior. O novo Dacia Sandero apresenta linhas mais fluidas, graças ao para-brisas mais inclinado, ao tejadilho mais baixo (1 mm) e à linha de tejadilho recuada. A altura ao solo mantém-se inalterada.

Ao ter por filosofia a oferta do essencial a um preço sem concorrência, o Dacia Sandero, na versão de equipamento Acess, que constitui a entrada na gama, integra de série muito equipamento. Assinatura luminosa em LED, luzes diurnas em LED com acendimento automático, computador de bordo, limitador de velocidade, vidros elétricos nas portas dianteiras, volante regulável em altura, entrada USB, tomada de 12 V, suporte fixo para o telemóvel. No capítulo da segurança o destaque vai para o ABS (sistema de antiblocagem de rodas), EBA (assistência à travagem de emergência), AEBS (sistema de travagem de emergência ativa), ESP (controlo eletrónico de estabilidade, HCA (sistema de ajuda de arranque em subida) e E-call (chamada de emergência).

Por sua vez, o Sandero Stepway, que é o Crossover mais acessível do mercado, apresenta-se com um desenho específico. Este integra proteções na carroçaria e uma altura ao solo superior (174 mm), com dois níveis de equipamento e três motorizações.

No nível de equipamento Essencial, as diferenças para o Dacia Sandero ainda são significativas. A saber: grelha cromada com a inscrição Stepway a preto, para-choques da cor da carroçaria, proteções dianteira e traseira cromadas, barras do tejadilho longitudinais em preto, contorno dos arejadores em Laranja Cobre e estofos específicos Stepway, com inscrições e pespontos laranja, com a particularidade da nova versão ser 570 € mais barata que a versão anterior.

Mais espaço e versatilidade

Em ambos os modelos estão disponíveis três lugares traseiros para adultos, que dispõem de mais 42 mm de espaço para as pernas. Para além disso existem bancos traseiros rebatíveis assimetricamente e ampla bagageira dotada de piso duplo, consoante as versões.

Ademais, o volante de ambos os Sandero pode agora ser regulado em altura e profundidade e o banco do condutor pode ser ajustado em altura. A alavanca de velocidades é agora mais curta e a direção com assistência variável é 100% elétrica exigindo menos 36% de esforço, nas manobras de estacionamento.

Ao volante…

Assente na plataforma partilhada com os vizinhos Clio e Captur, conduzimos o Dacia Sandero Stepway, versão TCe 90, de três cilindros de 1000 cm³, com a nova caixa automática. Primeiramente em estrada sentimo-nos perfeitamente ao volante, num ambiente agradável e com boa perceção da qualidade. O conforto surpreende e entre autoestrada e estrada nacional ficámos convencidos pois, não deixando de ser um utilitário, os bancos têm um bom suporte e a suspensão corresponde.

Quanto à potência do motor, os 90 cv mostram-se aptos nas várias condições de estrada e ultrapassagens. Por sua vez, a caixa de velocidades automática é competente. Não tivemos preocupações de consumo, mas acreditamos perfeitamente ser possível valores entre os 5 e os 7 litros. Em resumo, e isto é um elogio, o Dacia Sandero 2020 não só têm um preço arrasador como ainda surpreendem em todos os capítulos, com um salto qualitativo na tecnologia e design que faz esquecer que estamos perante um chamado Low Cost.

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Leaderboard autopromoção Escape Livre