Mercedes EQ aposta em força nos modelos elétricos

A Mercedes-Benz quer reforçar ainda mais a eletrificação automóvel, com a aposta no lançamento de seis novos modelos EQ até 2022.

A aposta na eletrificação de todos os seus modelos, objetivo da iniciativa estratégica “Ambition 2039”, leva a Mercedes-Benz a querer ser número um em vendas de modelos elétricos. Com esse intuito em mente, a marca alemã terá, em 2022, oito modelos totalmente elétricos sob a marca Mercedes EQ, com os modelos a serem integrados na produção em série das atuais fábricas.

Assim, a primeira “limousine” de luxo elétrica da Mercedes EQ, o EQS, começará a ser produzida, no primeiro semestre do próximo ano, na fábrica de Sindelfingen (Alemanha), a que se junta o início da produção do EQA, um SUV compacto elétrico, em Rastatt (Alemanha), fábrica que produz, também o Classe A, Classe A limo, Classe B e GLA, todos eles com motor de combustão e cadeia cinemática híbrida, do EQB em Kecskemét (Hungria) e do EQE em Bremen (Alemanha), com o pensamento na neutralidade carbónica dos seus produtos.

O EQA da Mercedes EQ será apresentado já a 20 de janeiro de 2021. O EQB e o EQE, uma “limousine de luxo”, serão, igualmente, produzidos na fábrica que a marca tem em Beijing (China), para responder às necessidades do mercado asiático.

Em 2022 será a fábrica de Tuscaloosa (Estados Unidos) a iniciar a produção das variantes SUV do EQS e do EQE.

Os objetivos

De acordo com o plano que está a ser implantado, em 2022, a marca terá os oito modelos Mercedes EQ a serem produzidos em sete fábricas espalhadas por três continentes, o que só foi possível pelo investimento em flexibilidade e equipamento tecnológico, com soluções da Industria 4.0, orientadas para o futuro.

Mas a Mercedes EQ quer ir mais além e tem por objetivo estratégico que em 2030 mais de metade da receita seja alcançada através da venda de modelos híbridos plug-in e elétricos, ao mesmo tempo que quer fazer crescer, de forma gradual, a percentagem de modelos totalmente elétricos.

A Smart não foi esquecida e, em parceria com o grupo Geely, a gama vai ser produzida na China com um novo modelo crossover.

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Leaderboard autopromoção Escape Livre