Segmento C ao rubro! SEAT Leon chega na quarta geração

Na quarta geração, o novo SEAT Leon é o mais conectado, o mais seguro e o mais sofisticado de sempre, para além de disponível com diversas motorizações.

Ao longo de três gerações iniciadas em 1999, o SEAT Leon sempre foi sinónimo de dinamismo e desportivismo. Foi ainda um elemento central para a marca e, no segmento dos veículos compactos, conquistou o sucesso, com 2.3 milhões de unidades vendidas. A quarta geração do Leon chega ao mercado nacional por estes dias e dá o salto tecnológico e de conetividade que lhe deverá garantir a continuidade desse sucesso. O modelo que aposta na eficiência, dinamismo e segurança está disponível a partir de 24 907 €.

O novo SEAT Leon foi desenhado, desenvolvido e produzido em Barcelona, na fábrica da marca em Martorell, e foi pensado para elevar o patamar da segurança e da conetividade. O design foi renovado e transmite um carácter mais forte, uma frente mais marcante e linhas mais suaves. Na base da estética está a plataforma MQB Evo. O novo SEAT Leon tem 4,36 m de comprimento (+86 mm) e 1,45 m de altura (-3 mm) na versão de cinco portas, enquanto a variante Sportstourer chega aos 4,64 m de comprimento (+93 mm) e 1,44 m de altura (-3 mm).  A largura de 1,8 m é comum às duas versões, bem como a distância entre eixos de 2,68 m, o que representa mais 50 mm face à geração anterior.

Espaço, iluminação e segurança

O interior do novo SEAT Leon aposta na funcionalidade e no minimalismo e todo o habitáculo foi desenvolvido para transmitir conforto e sensação de segurança. Em destaque está o ecrã do sistema de info-entretenimento de 10”, com reconhecimento de gestos. O SEAT Leon de cinco portas oferece uma bagageira com 380 l, enquanto o Sportstourer garante 620 l de capacidade, 30 litros adicionais em relação à geração precedente. Para além disso, consegue mais espaço interior que alguns concorrentes alemães, o que é um ponto a favor de importante relevância.

Uma das apostas da SEAT nesta geração foi na iluminação. Assim, usa a tecnologia full LED nos faróis, integra a assinatura SEAT no design dos LED, e os espelhos exteriores têm indicadores de direção em LED integrados. Para além disso, os veículos com a opção full LED recebem luzes de boas-vindas com a projeção da palavra “Hola!” no solo, assim que o veículo é ativado. Ainda inclui indicadores de direção dinâmicos. No interior, a iluminação varre toda a secção dianteira do habitáculo, de porta a porta e através do topo do tablier, criando um arco de luz. Esta aposta é visível logo desde a versão de equipamento base, a Reference, e continuada na Style, Xcellence e FR.

A SEAT apresenta o Leon como o automóvel mais seguro alguma vez desenvolvido pela marca. Os sistemas de assistência à condução foram revistos e incluem o Dynamic Chassis Control (DCC), de adaptação de amortecimento e dinâmica; o preditivo Adaptive Cruise Control (ACC) que corrige a velocidade. Inclui ainda o Emergency Assist 3.0, o Travel Assist e Side e Exit Assist, que emite um sinal sonoro quando estacionado, em caso de abertura de uma porta e deteção de aproximação de veículos ou pessoas.

O primeiro SEAT completamente conectado

Este é também o primeiro automóvel da SEAT totalmente conectado no interior e para o exterior. É possível através do sistema SEAT Digital Cockpit, que junta o ecrã de elevada resolução com 10,25”, ajustável pelo utilizador, ao sistema de info-entretenimento. O sistema de Media base inclui um ecrã de 8,25” compatível com funcionalidades áudio do smartphone, enquanto o ecrã maior de 10” do sistema Navi oferece a navegação conectada a 3D, controlo natural de voz e reconhecimento de gestos para simplificar a interação com o utilizador. O controlo por voz é ativado repetindo, duas vezes, a palavra “Hola”, permitindo inúmeros comandos.

O sistema Full Link permite o emparelhamento com o smartphone, usando o sistema de info-entretenimento ou os comandos de controlo integrados no volante, e é compatível com o Apple CarPlay e Android Auto.

Através da App SEAT Connect, a instalar no telemóvel, consegue-se remotamente a informação do Leon: computador de bordo, local de estacionamento, estado da viatura, incluindo portas e luzes, definição de alertas de velocidade, no caso de outro condutor ao volante, alertas antifurto, abertura e fecho de portas com o serviço de abertura e fecho à distância e outras informações. No caso da variante híbrida plug-in, ainda é possível gerir o processo de carregamento através do e-Manager, controlar o ar condicionado e programar as horas de partida.

¡Hola! ao Seat Leon mais avançado de sempre

A SEAT acaba de lançar a quarta geração de um dos modelos de maior sucesso da marca espanhola, o SEAT Leon.

Read more

Cinco tipos de propulsão

A quarta geração do SEAT Leon apresenta-se em diferentes motorizações: gasolina (TSI), Diesel (TDI), gás natural comprimido (TGI), mild-hybrid (eTSI) e híbrido plug-in (eHybrid). A gasolina, está disponível pela primeira vez no Leon o 1.0 TSI de três cilindros com 90 ou 110 cv de potência. Para além deste, o motor 1.5 litros com 130 ou 150 cv e eficiência otimizada e o 2.0 TSI com 190 cv, e transmissão de dupla embraiagem.

A Diesel, são três as opções, todas 2.0 TDI. As versões de cinco portas e Sportstourer recebem caixa manual na versão de 115 cv, enquanto a versão de 150 cv pode ser associada à transmissão automática DSG. A Sportstourer fica também disponível com a unidade de 150 cv acoplada à caixa DSG e ao sistema 4Drive. As versões que utilizem a transmissão automática DSG beneficiam agora de tecnologia shift-by-wire, que permite a seleção das velocidades sem a intervenção física da alavanca.

Versão mHEV, híbrida plug-in e GNC

O novo SEAT Leon também assume a tecnologia mild-hybrid (eTSI), disponível com os motores a gasolina 1.0 TSI 110 cv e 1.5 litros de 150 cv, recorrendo a um motor-gerador de 48V para recuperar energia.

A variante híbrida plug-in junta o motor TSI de 1.4 litros com o propulsor elétrico, um pack de baterias de iões de lítio de 13 kWh e a caixa de seis velocidades DSG, para obter 204 cv de potência combinada. A marca anuncia uma autonomia de 60 km (WLTP) em modo totalmente elétrico. A versão híbrida plug-in será disponibilizada nas versões de cinco portas e Sportstourer.

Por fim, o novo SEAT Leon inclui a opção a gás natural comprimido (GNC), disponível no 1.5 TGI com 130 cv de potência. O veículo alcança 440 km de autonomia recorrendo a três depósitos de GNC com uma capacidade total de 17,3 kg. Depois disso, muda automaticamente para a alimentação a gasolina.

Gama SEAT Leon 2020

Preços a partir dos 24 907 €

Os preços começam nos 24 907 € na versão de entrada a gasolina 1.0 TSI Reference, com 110 cv e ou nos 29 447 € do 1.5 TSI de 130 cv. Nos Diesel, o valor base é 29 497 €. O novo SEAT Leon já se encontra disponível para reserva online através da nova campanha digital “SEAT Ret@il”.