Quatro candidatos à vitória no Guarda Racing Days

Estão encontrados os quatro candidatos á vitória do Guarda Racing Days, após a disputa em duas exigentes e rápidas mangas competitivas.

Estão encontrados os quatro primeiros candidatos à vitória do Guarda Racing Days, organizado pelo Município da Guarda e Clube Escape Livre. Fernando Peres, em Mitsubishi, Alexandre Borges, em Semog Bravo, Manuel Correia, em Mitsubishi Evo e  Armindo Araújo, em Can-Am.

Nos ralis, Fernando Peres alcançou o seu melhor tempo de 2:51.149 na segunda manga, seguido de José Cruz, em Peugeot 306, e Hugo Lopes, em Peugeot 208 R2, numa luta renhida entre segundo e terceiro lugares, a alternar lugares entre mangas.

Alexandre Borges não dá hipóteses

Nos Off Road, Alexandre Borges, sempre ocupou, desde os treinos e aquecimento, a posição cimeira, conquistando 2:49.634 como melhor tempo em pista. A disputa desta categoria foi também sempre feita literalmente ao segundo, com Pedro Rabaço, em kartcross,  e Sérgio Bandeira, em Semog 600, e seguirem-se em segundo e terceiros lugares, um segundo e algumas décimas depois.

Guarda Racing Days 11
Alexandre Borges em Semog 600

ARC Sport destaca-se com Manuel Correia

No todo terreno, Manuel Correia foi claramente o vencedor, conseguindo o melhor tempo em 3.02.29 minutos. O piloto da ARC Sport venceu ainda como carro mais potente e vistoso em pista, a acordar a adrenalina dos espectadores. Na categoria B ficaram em segundo lugar Rui Sousa, com o seu Mini Rali Raid, com o melhor tempo de 3:14.337 minutos, e David Spranger, em BMW Proto, com 3:20.578 minutos.

Manuel Correia ARC Sport
Manuel Correia em Mitsubishi EVO da ARC Sport

Por fim, nos SSV, Armindo Araújo comprovou as suas aptidões de campeão, mesmo ao volante de um SSV, conseguindo como melhor tempo das duas mangas 2:58.016. Seguiu-se Pedro Leal, em 3:03.004, com uma extraordinária recuperação do fim da tabela, na primeira manga, para o segundo lugar da segunda manga. O terceiro lugar foi para Pedro Matos Chaves, 3:03.044, apenas 44 centésimas depois.

Má sorte para Rui Sousa e Ruben Lopes

Nem tudo correu de feição para os pilotos Ruben Lopes e Rui Sousa. O primeiro, piloto da AMSport, em Citroen Saxo, registou, ainda na primeira manga, uma avaria, tendo realizado apenas uma das passagens. De regresso à segunda manga,  acabou por ficar eliminado após a zona de salto, partindo o braço da suspensão.

Rui Sousa, por seu lado, sofreu um capotamento na segunda manga, ao realizar o “chouriço” num dos extremos da prova. O Mini Rali Raid com que irá participar na Baja de Aragón acabou por sofrer alguns danos, impossibilitando-o de continuar, apesar de ter conseguido o segundo lugar na sua categoria.

Seguem-se as duas meias finais a disputar entre Fernando Peres, em Ralis, com Alexandre Peres, da categoria C. A segunda meia final irá disputar-se entre Manuel Correia, da categoria B, contra Armindo Araújo, da categoria D.

Tudo em aberto para conhecer o vencedor final e absoluto do Guarda Racing Days.

close

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!

Subscreve a nossa Newsletter "Livre Trânsito"!